Início » Vaneza Oliveira e irmãs Makeda participam de roda de conversa com cerca de mil jovens em situação de vulnerabilidade

Vaneza Oliveira e irmãs Makeda participam de roda de conversa com cerca de mil jovens em situação de vulnerabilidade

Em evento promovido pelo Instituto Ser+, a atriz e empreendedoras da área da beleza contaram como romperam as barreiras sociais para trilhar seus caminhos profissionais

por Redação
Vaneza Oliveira

A atriz Vaneza Oliveira, que interpreta a personagem Joana em 3%,  primeira série brasileira original da Netflix, e as influenciadoras Sheila Makeda e Shirley Leela, sócias na Makeda Cosméticos, participaram de uma roda de conversa especial, durante o Ser+ São Paulo. No evento, realizado pelo instituto Ser+ para empoderar jovens a buscarem seu desenvolvimento profissional e pessoal,  Vaneza e as irmãs Makeda compartilharam seus desafios quanto mulheres pretas e periféricas para romperem as barreiras educacionais, sociais  e desenvolverem suas carreiras.

“Nós que somos da periferia estamos sempre no corre, e compartilhar nossa trajetória com jovens que passam por desafios sociais também é uma oportunidade de crescimento tanto para eles quanto para nós profissionais. Mostrar que as adversidades estão aqui, mas existem ferramentas e iniciativas como do instituto Ser+ para empoderamento desses jovens. E que estamos na mesma luta”, afirma Vaneza.

O talk , intermediando por Wandreza Bayona, Diretora executiva do Instituto Ser+,   reuniu cerca de mil jovens de escolas públicas e casas de acolhimento para um dia de vivências, com intuito de despertar habilidades e fortalecer a autoestima. “Nós também precisamos romper barreiras para chegar onde estamos, e hoje, após conquistarmos esse espaço, vemos como uma  missão dividir a nossa história com os jovens que estão começando uma nova carreira e nova fase, então, é uma forma de contribuir com nosso  conhecimento, retribuir e criar novas oportunidades”, conta Sheila.

Durante o bate-papo, Shirley Makeda  ainda reforçou a importância dos jovens contarem com mentores para guiar seus caminhos. “Foi uma experiência incrível! Eu gostaria de na minha época de jovem ter o apoio de um projeto como esse e dessa troca, que ajuda a direcionar os caminhos dos jovens em vários aspectos”.

Com oito horas de programação, entre talk e oficinas para jovens em situação de extrema vulnerabilidade social, de 16 a 22 anos, o evento conta com apoio de empresas como:  Hospital Albert Einstein, Shure, Itaú, Universidade São Judas Tadeu, Nestlé, Galena, CI&T e PepsiCo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via