Início » A pesquisadora Giselle V Mello, falará sobre ‘Brasilianas” da “Coleção Geyer’, neste sábado no Atelier Sanitário, a Gamboa

A pesquisadora Giselle V Mello, falará sobre ‘Brasilianas” da “Coleção Geyer’, neste sábado no Atelier Sanitário, a Gamboa

por Redação
Giselle V Mello

Inaugurou na última sexta-feira, dia 6/1, a exposição Margens Plácidas, no Atelier Sanitário @atliersanitário com trabalhos de quatro artistas e uma pesquisadora. No próximo sábado, dia 14/1, às 17h, a pesquisadora Gisella V Mello, vai falar por cerca de uma hora, sobre a Coleção Geyer e sua importante coleção de Brasilianas. Ela contará sobre o processo durante a residência artística, como foi revisitar os locais da iconografia escolhida e sobre as frases que constam no diário da inglesa Maria Graham, que esteve no Brasil na época da Independência, e foram bordadas nas obras que retratam a visão atual desses locais.Na ocasião ela comentará ainda sobre o filme que produziu, tendo como embasamento teórico os princípios do arquiteto e urbanista dinamarquês Jan Gehl e o ensaísta francês Georges Perec.

Na exposição Margens Plácidas a pesquisadora, arquiteta e urbanista, turismóloga, bibliotecária e documentalista, apresenta cinco obras – quatro impressões de fotos em tecido com bordado em linha dourada, entre elas o Cemitério Inglês na Gamboa, a Vista da Praia da Gamboa além de um vídeo – com registros do bairro da Gamboa atual fazendo um paralelo com as pinturas da Gamboa do passado pertencentes a Coleção Geyer/Museu Imperial de Petrópolis. Entre as obras destacamos “Pretendo com minha pesquisa bibliográfica e documental, identificar os locais, que aparecem nas pinturas feitas pouco depois da Independência do Brasil que se encontram na Coleção Geyer, e mostrar como estão atualmente. O bairro da Gamboa figura neste repertório pictórico da coleção. Minha intenção, ao executar este trabalho, é demonstrar para a sociedade atual como foi a sociedade passada. É através do seu patrimônio cultural que uma sociedade evidencia-se”, ressalta a pesquisadora. No dia 14 de janeiro, às 17 horas, a pesquisadora receberá os interessados, no Atelier Sanitário para uma conversa sobre Gamboa, pela lente da Coleção Geyer, um contraponto com os dias atuais, num desdobramento de seu tema de mestrado de Estudos contemporâneos das Artes na UFF.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via