Início » Academia Soul firma parceria com a Fundação Amor Horizontal para doar programa de educação socioemocional para escolas públicas

Academia Soul firma parceria com a Fundação Amor Horizontal para doar programa de educação socioemocional para escolas públicas

Braço social da empresa já doou material para mais de dois milhões de crianças e espera impactar até 2 milhões de estudantes no próximo ano

por Redação
Fernando Gabas

Educar a mente sem educar o coração não é educação. A célebre frase de Aristóteles norteia a missão da Academia Soul desde que a empresa foi criada há 10 anos pelo empresário e educador Fernando Gabas. Após um AVC desencadeado por estresse e uma rotina desequilibrada, o empreendedor mudou radicalmente o seu estilo de vida e passou a compartilhar o que aprendeu em sua jornada. Com um olhar visionário, Fernando passou a questionar por que as escolas não ofereciam uma educação mais completa, contemplando a educação socioemocional para os alunos. Hoje, a empresa é referência no assunto e comemora a doação do programa socioemocional para mais de 1,8 milhões de crianças, ao longo da sua trajetória. Com o objetivo de continuar impactando positivamente a sociedade, a Academia Soul firmou uma parceria com a Fundação Amor Horizontal, fundada por Caroline Celico, em São Paulo, que vai ajudar na seleção de institutos que vão receber novas doações de material.

A ação, realizada através do braço social da Academia Soul, espera alcançar cerca de 2 milhões crianças no próximo ano. “Realizamos a maior parte das nossas doações em São Paulo e agora, com a Fundação Amor Horizontal, teremos a oportunidade de chegar a outros estados do país. Estamos animados com a realização dessa interface para que possamos concretizar essa meta. Acreditamos nessa formação mais humana para mudar o Brasil”, analisa Fernando.

A Fundação Amor Horizontal vai atuar na identificação dos institutos que receberão as doações e a Academia Soul fará o acompanhamento com as escolas ao longo do programa. Após a implementação, a empresa realiza pesquisas com os participantes e cuida da análise e divulgação dos resultados.

O programa de educação socioemocional desenvolvido por eles é o primeiro e o único estruturado com base no treino de atenção, foco e concentração. Segundo Fernando, o treino diário e a realização das atividades propostas nos módulos do Programa ajudam os alunos, entre outras coisas, a fortalecer a resiliência, “recarregando a bateria emocional” mais rapidamente e assim, atenuando o tempo de sofrimento. “O treino diário é comprovadamente eficiente para desenvolver e fortalecer a atenção para todas as idades, especialmente para crianças, adolescentes e jovens, pois trabalha a neuroplasticidade, que é a capacidade do cérebro de aprender e se reprogramar”, explica.

Além das práticas de atenção plena, que garantem que o estudante desenvolva mais domínio sobre sua atenção, o conteúdo de cada módulo do Programa foi pensado para proporcionar uma verdadeira jornada de transformação, com estímulos a reflexões importantes que podem, de fato, melhorar a experiência de vida das crianças, dos adolescentes e jovens. E como o Programa visa atender a toda a comunidade escolar, a estratégia para alcançar a todos e fazer a diferença na vida dos estudantes é contar 100% com a atuação dos educadores em sala de aula. Para isso, o Programa inclui o material do educador, no formato impresso e em plataforma, e o material do estudante, para a conexão com a família.

A metodologia tem foco em atividades que conectam os conceitos apresentados com o dia a dia, de forma leve, divertida e interativa. São atividades de relaxamento, atenção plena, alegria, conexões pessoais, compaixão e equanimidade. Cada módulo oferece uma aula por semana, com aproximadamente 20 minutos de duração. Cada aula contém vídeos e áudios com as orientações do que deve ser praticado diariamente durante a semana, como meditação guiada, chamada de treino. Nas semanas seguintes, é feito um aprofundamento do tema e os alunos podem tirar dúvidas e conversar sobre o que estão sentindo a respeito das reflexões propostas.

Entre as doações feitas anteriormente pela Academia Soul, destacam-se parcerias com institutos como a Associação Cultural e Social Lona na Lua (Lona na Lua), o Projeto CCA Padre Pio (Aliança de Misericórdia), o Instituto Arco, o Instituto André Franco Vive e o Instituto Gesca, entre outros.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via