Início » Bazar Laço Rosa by Shein arrecada mais de 450 mil reais que serão revertidos para projeto social

Bazar Laço Rosa by Shein arrecada mais de 450 mil reais que serão revertidos para projeto social

O evento contou com aproximadamente três mil visitantes e 145 voluntários envolvidos na operação que durou três dias

por Redação

Em um mês dedicado a campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, o evento disponibilizou 12.000 peças novas doadas pela Shein para financiar o recente projeto Ponto a Ponto. Nos dias 14, 15 e 16 de outubro mais de 450 mil reais foram arrecadados para o projeto de moda, costura e consciência circular da Laço Rosa, com início previsto para 2023. Toda arrecadação do Bazar vai ajudar no financiamento do programa de capacitação profissional de pessoas impactadas pelo câncer de mama e moradores de áreas vulneráveis com formação na área da moda e olhar para a cadeia circular.

“Algumas peças serão reutilizadas para o ensino dos alunos do programa, que no espaço de seis meses a um ano apresentam uma nova coleção para uma paciente com câncer de mama. É um novo olhar para a cadeia de geração de renda através da moda e da empatia”, afirma a presidente da Fundação Laço Rosa, Marcelle Medeiros.

Para Felipe Feistler, general manager da SHEIN no Brasil, a parceria com a ONG já é um sucesso. “Ficamos muito contentes com o resultado do bazar e teremos mais dois até março do ano que vem. Disponibilizaremos mais 12 mil peças para a Laço Rosa e estamos mais satisfeitos ainda por saber que o nosso apoio será imperativo para a realização do projeto Ponto a Ponto, uma iniciativa salutar no apoio ao empreendedorismo feminino”, ressalta o executivo. 

Histórias inusitadas como a de duas noivas comprando seu vestido de casamento e de empreendedoras comprando vestidos de festas para abrir o primeiro negócio marcaram a edição paulista do Bazar. Marcelle também conta: “80% do time dos voluntários era formado por mulheres que já passaram pelo câncer de mama. Tivemos pacientes oncológicas que foram para comprar e saíram acolhidas por outras pacientes que estavam voluntariando. Foi lindo de se ver”, comemora.

Agora o trabalho da Fundação continua para além dos eventos do mês de outubro. “Avançamos mais um ano no compromisso de conscientização dessa doença que atinge mais de 60 mil mulheres por ano somente no Brasil. No estado do Rio conseguimos a sanção da nova lei de Doações de cabelos que beneficiará mulheres que precisam desse apoio. Estamos trabalhando para ser uma realidade em todo o Brasil porque onde não há limites definidos, há espaço para a solidariedade alheia ser usada com fins comerciais e isso impacta diretamente quem muitas vezes não pode se defender, o paciente”, explica a presidente da Fundação.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via