Bienal do Livro Rio receberá mais de 100 mil alunos da rede pública no programa Visitação Escolar

Muitas pessoas tiveram a sua primeira experiência leitora na Bienal do Livro Rio. E é por isso que o programa social de Visitação Escolar, abraçado pela organização do festival nos anos 2000, continua sendo um dos pilares do evento. Na edição em que comemora seus 40 anos e o reconhecimento como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial da cidade, o maior festival de literatura, cultura e entretenimento do país receberá mais de 100 mil alunos da rede pública. Este número é recorde, assim como o investimento de R$ 13,5 milhões feito por secretarias municipais e estadual de Educação para a aquisição de livros para os estudantes e profissionais da rede municipal de ensino do Rio.

Isso significa que nenhum aluno da rede pública de ensino participante do programa sairá da Bienal sem livro. Cada criança da rede municipal ganhará um vale livro com crédito de R$ 50 para que escolha os títulos que levará para casa. E o voucher oferecido aos jovens da rede estadual será de R$ 100. A Colgate, um dos patrocinadores da Bienal este ano, está apoiando a iniciativa e, no último fim de semana, o secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, anunciou empenho para que os educadores municipais também possam adquirir livros.

“Temos um recorde de captação de vale livro para estudantes através das secretarias municipais de Educação do Rio de Janeiro, de Angra dos Reis e de Queimados, e da Secretaria de Educação do Estado do Rio (SEEDUC). O programa integra os nossos pilares ESG e já ajudou a formar muitos leitores, prova de que a Bienal está presente na memória afetiva das pessoas. Cabe lembrar ainda que os profissionais da rede municipal do Rio – personagens tão fundamentais nesse processo – também estão sendo agraciados”, conta Tatiana Zaccaro, diretora da GL events Exhibitions, que organiza o festival, junto com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

O programa Visitação Escolar tem o objetivo de aproximar crianças e jovens do universo literário, fomentando a criatividade, a capacidade de sonhar e a consciência crítica. Das mais de 100 mil vagas disponíveis para a rede pública nesta edição da Bienal, metade está reservada para alunos da Secretaria Municipal de Educação (SME) do Rio e para estudantes de escolas públicas municipais, localizadas em cidades como Petrópolis, Niterói e os já citados Queimados e Angra dos Reis.

A iniciativa é destinada exclusivamente aos estudantes e seus acompanhantes das unidades de ensino. Os grupos contemplados terão seis dias especialmente reservados com benefícios diferenciados para garantir uma visita especial e mais confortável, a exemplo da entrada por um acesso específico.

No caso dos profissionais da rede municipal do Rio, o voucher será de R$ 100 e poderá ser utilizado entre a próxima quarta-feira, dia 6, e o dia 15 de outubro – Dia do Professor, comprando pelo site da Bienal, repetindo a dose de 2019. Segundo o secretário Renan Ferreirinha, todos os profissionais da rede terão direito – são 50.388 servidores, desde professores, merendeiras e auxiliares.

“Essa é mais uma iniciativa pra fazermos do Rio uma cidade de leitores. Além de estimular nossos alunos nas salas de aula e salas de leitura, queremos que toda a comunidade escolar seja beneficiada: professores, diretores, merendeiras estagiários, todo mundo. A gente trabalhou muito pra que todos nossos profissionais pudessem ser incluídos nessa importante parceria com a Bienal. Queremos passar um recado claro: o Rio valoriza a leitura”; afirma Renan Ferreirinha.

Escolas particulares ainda podem se inscrever para esta semana

Com vagas limitadas, as inscrições para a Visitação Escolar de unidades de ensino privado devem ser feitas através do site: https://www.bienaldolivro.com.br/visitacao.

Os ingressos dos alunos também devem ser adquiridos antecipadamente pelo site, a um custo unitário de R$ 19,50 (meia entrada). A organização da Bienal confirmará com as escolas sobre os agendamentos.

Na inscrição, é necessário informar o endereço completo da escola com CEP e o CNPJ ou Designação. A Bienal recomenda que a instituição de ensino destaque quatro professores e/ou responsáveis para cada grupo de 40 alunos. Os demais professores terão acesso gratuito. Basta realizar o credenciamento e apresentar a documentação necessária. Os ônibus terão uma área de estacionamento reservada no Riocentro.

Para mais informações sobre a Visitação Escolar, a organização da Bienal atende pelos telefones: (21) 2441-9272 e 97444-5612 ou pelos e-mails:

visitacaoescolarbienal@glbr.com.br e visitacaoescolarbienal2@glbr.com.br

Bienal do Livro Rio 40 anos

Presente na memória afetiva de milhares de pessoas, a Bienal do Livro Rio completa 40 anos com uma edição comemorativa que traz as mais relevantes discussões contemporâneas, acompanhando as mudanças do mundo. Este ano, o maior festival de literatura, cultura e entretenimento vai oferecer ao público experiências que vão além do livro, em palcos inéditos e com bastante interação com o público, unido por uma paixão em comum: contar e ouvir histórias. Realizada pela GL events Exhibitions em parceria com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), a Bienal vai reunir, este ano, mais de 300 autores em 80 encontros com os leitores, com cerca de 300 editoras do país inteiro. Serão mais de 200 horas de programação para todos os públicos.