Carimbó no Pescados: Afroribeirinhos e Negadeza neste domingo

Data:

O bar e restaurante paraense Pescados na Brasa, no Riachuelo, zona norte do Rio, promove neste domingo, dia 19, uma verdadeira tarde do Norte. A partir das 12h, tem apresentação da percussionista, cantora e compositora de Olinda (PE), Negadeza, que se reveza com DJ Doni, com muita música brasileira e brega paraense, e o já tradicional carimbó do grupo regional Afroribeirinhos, do cantor e compositor manauara Dibob da Silva e Frank Russo. As mesas na rua são disputadas em dias de evento, a dica é chegar cedo para assegurar o lugar e se deliciar também com os quitutes da cozinheira Adriana Veloso. 

Além dos peixes na brasa, as comidas típicas como vatapá paraense (feito com azeite de dendê, farinha de trigo, camarão seco e leite de coco, R$ 35,90), maniçoba (feita com a folha da maniva com defumados de uma feijoada tradicional, servida com arroz e farinha de mandioca, a “feijoada paraense” – R$ 42,90), tacacá (tradicional tacacá, feito com tucupi, jambu, camarão seco, goma de tapioca, R$ 35,90) e açaí, também podem vir rreunidas em pequenas porções no menu degustação (R$ 105,90). 

Pescados na Brasa _Adriana no Carimbó
Pescados na Brasa _Adriana no Carimbó – Foto: Camila Bessa

Para a entrada, sai da brasa um mix de camarão, lula, polvo e legumes na brasa com tempero especial do Seu Zé (R$ 39,90). O filhote, peixe típico da região amazônica, antes servido apenas frito, agora também aparece em versão grelhada. A posta de filhote na brasa é servida com arroz de castanha do Pará e banana da terra empanada (R$ 138,90, serve duas pessoas). Da cozinha, a novidade é o Pastel do Zé, recheado com camarão, lula e polvo (R$ 11,90). O filhote frito servido com o autêntico açaí do Pará (R$ 86,90) é outra novidade. De sobremesa, a torta de bacuri (feita com massa de biscoito, creme de bacuri e ganache de chocolate branco, finalizada com castanha do Pará – R$ 24,90, a fatia) e o pudim de cupuaçu com castanha do Pará (R$ 15,90, a fatia) são pedidas obrigatórias.

A carta de coquetéis é cheia de ingredientes típicos, “para deixar de pavulagem”, desenvolvida pelo mixologista Thiago Teixeira. São cinco sabores arretados de caipirinhas, como tangerina, taperebá e pimenta de tucupi, batizado de No tucupi é refresco; limão e rapadura; maracujá e graviola; e cachaça de jambu, limão e tintura de priprioca (R$ 24,90, cada). Entre os drinques autorais, destaque para o divino cupuaçu amigo (gim, suco de cupuaçu, limão e doce de cupuaçu – para comer ou misturar de colher, R$ 29,90), uma releitura do clássico caju amigo, e para o refrescante Treme Treme, uma mistura de cachaça de jambu com limão e água tônica (R$ 27,90), que tem ainda a dormência das folhas de jambu. Já o Carimbó, leva gim, xarope de açaí, água tônica e espuma de gengibre com hibisco em pó (R$ 35). Imperdíveis! 

Vale lembrar que agora a casa conta com um evento de carimbó fixo, realizado todo segundo domingo do mês, e o café da manhã paraense (com buffet livre por R$69,90) também realizado uma vez por mês, aos sábados. 

Pescados na Brasa: Rua Vitor Meireles, 92 – Riachuelo. Tel.: 2239-9540 / 99359-4753. De terça a sábado, das 11h às 21h30. Domingo, das 11h às 18h. Aceita todos os cartões. Delivery próprio e iFood. https://pescados-na-brasa.goomer.app/menu

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

Eisenbahn confirma patrocínio ao Smorgasburg Brasil 2024

A Eisenbahn, cerveja premium do Grupo HEINEKEN no Brasil, oficializa a renovação...

Tijuca recebe o Festival de Cervejarias de Petrópolis

No próximo sábado (15), o Brewteco promove, na Tijuca,...

Ballet Manguinhos apresenta a oitava edição do seu Festival Interno

A 8ª edição do Festival Interno do Ballet Manguinhos, ONG...

JAH lança sorvete sabor pistache

O JAH, rede de açaí, sorvetes e picolés, anuncia...
Compartilhe
Send this to a friend