Início » Comprar protetor solar no frio é vital para a sua saúde; entenda

Comprar protetor solar no frio é vital para a sua saúde; entenda

Se você é do tipo de pessoa que resiste em comprar protetor solar nas épocas mais frias do ano, saiba que existem bons motivos para mudar isso

por
Protetor solar

O verão já terminou, mas saiba que comprar um bom protetor solar é algo que deve ser feito no ano inteiro, inclusive durante o outono e durante o inverno. Embora os raios solares possam parecer menos intensos durante as estações mais frias do ano, eles ainda podem causar danos à pele e aumentar o risco de câncer de pele a longo prazo.

Usar protetor solar no outono e no inverno é importante

Os raios UVB, que causam queimaduras solares, são mais intensos no verão, mas os raios UVA, que penetram mais profundamente na pele e contribuem para o envelhecimento precoce e o câncer de pele, são igualmente fortes durante todo o ano e podem penetrar nas nuvens e nas janelas. Isso quer dizer que você precisará comprar protetor solar nos dias mais frios do ano também.

Além disso, muitos tratamentos dermatológicos, como os ácidos e peelings, tornam a pele mais sensível à exposição solar e exigem o uso de protetor solar durante todo o ano. Portanto, é importante incluir o protetor solar na sua rotina diária de cuidados com a pele, independentemente da estação do ano.

No entanto, é necessário entender que existem vários tipos de protetores e você deve aprender a comprar o correto.

Como comprar protetor solar e acertar no produto?

Para comprar o protetor solar correto para a sua pele, você deve considerar alguns fatores, como o seu tipo de pele, a cor da pele, a exposição solar e a presença de alguma condição dermatológica. Seguem algumas dicas:

Identifique o seu tipo de pele: A pele pode ser oleosa, seca, mista ou sensível. Protetores solares para peles oleosas tendem a ter texturas mais leves e menos oleosas, enquanto os protetores para peles secas costumam ser mais hidratantes.

Escolha o fator de proteção solar (FPS) correto: O FPS indica a capacidade do protetor de proteger a pele contra os raios UVB, responsáveis por queimaduras solares. Em geral, recomenda-se usar um protetor com FPS de no mínimo 30, especialmente para peles claras e sensíveis.

Verifique se o protetor protege contra raios UVA: Além dos raios UVB, que causam queimaduras solares, é importante escolher um protetor que também proteja contra os raios UVA, que causam envelhecimento da pele e podem contribuir para o desenvolvimento de câncer de pele.

Verifique a data de validade: Certifique-se de que o protetor solar está dentro do prazo de validade, pois a eficácia do produto pode ser comprometida após a data de expiração.

Consulte um dermatologista: Se você tem uma condição dermatológica, como acne, rosácea ou melasma, é importante consultar um dermatologista para escolher o protetor solar mais adequado.

Proteção para a saúde toda

Se você resiste em comprar protetor solar, saiba que o produto ajuda a prevenir uma série de problemas, não só as queimaduras de pele. Algumas das principais vantagens e ações são:

  • Proteção contra o câncer de pele;
  • Prevenção do envelhecimento precoce;
  • Prevenção de queimaduras solares;
  • Proteção contra a luz visível e a luz azul;
  • Prevenção de manchas escuras;
  • Melhora a saúde geral da pele.

Em razão disso, o uso regular de protetor solar é importante dntro da área da saúde e beleza para proteger a pele contra os efeitos nocivos do sol e manter a saúde e a beleza da pele a longo prazo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via