Início » Dandara Alves faz show no tradicional Pagode da Tia Gezzy neste domingo

Dandara Alves faz show no tradicional Pagode da Tia Gezzy neste domingo

por Redação
Dandara Alves

Dandara Alves, cantora e compositora, lançou seu primeiro álbum “A Voz do Suor” nas plataformas digitais em janeiro deste ano e vem fazendo apresentações deste projeto em vários shows pela cidade, como no Bar da Alcione e Boteco Zeca. Agora, vai estrear no tradicional Pagode da Tia Gessy, dona do quintal no Cachambi freqüentado pela nata do samba há quase 45 anos, no domingo, dia 27 de março, às 17h.

Dandara vai receber como convidados, para animar mais ainda a festa nesta casa que é referência de samba, onde muitos bambas iniciaram sua história no samba, Tcha Tcha Tcha, Gabrielzinho do Irajá e Sapuca.

O show mostrará as 10 faixas que compõem o álbum “A Voz do Suor”, com os arranjos originais escritos por Alessandro Cardozo, Rafael dos Anjos e Paulão 7 Cordas. O repertório contará ainda com outras músicas que marcaram a discografia de Dandara, como “Salve o Samba” (Anderson Paulista/Alexandre Poeta/Junior Sorriso), música de seu EP “Samba Derradeiro” lançado em 2016, “Dia de Jorge Guerreiro” (Renan Paixão), gravada em homenagem ao seu santo de devoção, São Jorge, e “Alguém Me Avisou” (Dona Ivone Lara), música que marcou sua participação no reality show Canta Comigo da Record TV, além de clássicos do samba que a influenciaram na formação musical, como Lecy Brandão, Clara Nunes, Beth Carvalho e Fundo de Quintal.

Dandara se apresentará ao lado dos músicos Paulo Henrique, cavaco, Rennan Júnior, violão, Tom Tom, flauta, Carlos Jonata, percussão, Emerson Lopes, percussionista, e Igor Telles, bateria.

O álbum, que teve a produção musical de Alessandro Cardozo (Latin Grammy 2018 e 2021), dividindo os arranjos com Rafael dos Anjos (Latin Grammy 2018 e 2021) e Paulão 7 Cordas (arranjador e músico de Zeca Pagodinho), evidencia suas referências musicais, com influências que vão do forró ao jazz. Vem com duas músicas inéditas: a que dá título ao disco “A Voz do Suor”, de Alessandro Cardozo e Leandro Saramago, e “Pequenas Lembranças” (dela em parceria com Selma do Samba). Com 10 músicas em seu repertório, Dandara também mostra nesse disco composições de nomes como Toninho Geraes e Roque Ferreira (“De Bar em Bar”), de Diogo Nogueira, Fred Camacho e Leandro FAB (“Te Amar é Viver”) e João Martins (“Suspiro”), entre outros, além da participação da Velha Guarda da Portela na música “Vai Mesmo”, composição de Antônio Rufino, um dos fundadores da escola.

Dandara é paraibana e radicada no Rio de Janeiro desde 2018. Profissional da música há mais de uma década, na Paraíba idealizou e coordenou o projeto “Samba da Hora”, que promoveu a audição de mais de 100 composições de autores paraibanos. Com sua vinda para o Rio de Janeiro já passou pelos grandes redutos do Samba como o Renascença Clube e o Cacique de Ramos, onde ganhou da diretoria o diploma “Seja Sambista Também”.

Serviço

Dandara Alves em “A Voz do Suor”
Local: Pagode da Tia Gessy – (Rua São Gabriel, 42 – Cachambi /Zona Norte – RJ)
Data e Horário: 27 de março, domingo, às 17h
Preço: R$ 15,00 (antecipado)
Maiores informações: (21) 96500-1188
Comemore seu aniversário no Pagode da Tia Gessy.

Aniversariante + acompanhante: todos os seus convidados pagam 15,00 durante todo o evento. Envie sua lista para: tamboresproducoes@gmail.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Não estou interessado em compartilhar. Clique aqui para voltar para o conteúdo!
This window will automatically close in 10 seconds
Share via