Início » Desenvolvimento de aplicativo e brechós de luxo: por que cresceram tanto nos últimos 2 anos?

Desenvolvimento de aplicativo e brechós de luxo: por que cresceram tanto nos últimos 2 anos?

por Redação
Brechós de luxo

Alguns costumes sempre fizeram parte da rotina dos brasileiros: comer pão com manteiga no café da manhã, incluir o arroz e o feijão em todos os almoços, reservar um tempinho para um bom bolo acompanhado de café quentinho, por exemplo. Porém, outros costumes não podem ser considerados tão tradicionais assim. É o caso do uso diário de aplicativos e a compra de roupas, calçados e acessórios em um brechó de luxo. Aliás, já parou pra pensar no quanto a pergunta “como criar um aplicativo” foi feita ao redor do mundo, ou como o desenvolvimento de aplicativo e os brechós de luxo cresceram nos últimos dois anos?

Neste artigo daremos mais detalhes do que são essas duas áreas e as possíveis razões que explicam o porquê desse crescimento repentino e expansivo.

Um fenômeno transformador que já dura 2 anos

No início de 2020, o mundo inteiro foi surpreendido e pego de surpresa por algo que abalaria completamente toda a forma de viver: uma pandemia causada por uma doença até então desconhecida e com capacidade inacreditável de contágio. O coronavírus, de origem ainda discutível, já vitimou mais de 600 mil brasileiros e milhões de pessoas ao redor do mundo, uma doença que age de forma distinta em cada organismo, com algumas características bastante preocupantes e devastadoras. A chegada dessa nova doença trouxe medo, pânico, uma preocupação nunca vivida antes por esta geração, e tudo isso transformou completamente a forma de viver, o mercado de trabalho, a forma de comportamento, consumo e muito mais.

O que ninguém esperava, infelizmente, é que essa pandemia fosse durar tanto tempo. Em seu início, a estimativa é que ela iria durar apenas alguns meses, mas infelizmente não foi o que aconteceu. O vírus foi se espalhando de forma incontrolável, assustadora, e levando cada vez mais pessoas embora. Essa disseminação desenfreada se estendeu por longos e longos meses, e só agora, com o desenvolvimento e aplicação de vacinas capazes de combater esse vírus, é que é possível respirar um pouco mais aliviados, sem tanto medo das consequências graves que a doença é capaz de causar.

O fato é que aquilo que duraria apenas meses, durou anos e ainda não acabou. Inevitavelmente, esse período também trouxe consigo diversas mudanças e transformações. É quase impossível citar algo ou algum setor em geral que não tenha sido afetado, negativa ou positivamente por essa pandemia. As mudanças podem ser percebidas desde a forma como as pessoas se relacionam, até a forma como o mercado de trabalho e novas profissões surgiram neste período. Foi nesse momento que surgiu, por exemplo, a curiosidade sobre como criar um aplicativo e o que, de fato, eles são capazes de fazer pela sociedade como um todo.

Como criar um aplicativo? Desenvolvimento de aplicativo sofre um boom após o início da pandemia

A recomendação mais dita e repassada nesses últimos dois anos, sem dúvida, foi a seguinte: se puder, fique em casa. Mas como isso é possível se há uma lista infinda de afazeres e pendências a serem resolvidas justamente lá fora? Algumas atividades do cotidiano precisam da presença de seus responsáveis para serem cumpridas, como as compras de supermercado, a prova de uma peça de roupa, a ida ao médico, ao dentista etc.

E se dissermos que tudo isso passou a ser resolvido remotamente, à distância? Esse pode parecer um papo futurista, do qual nascidos na década de 40, 50, podem duvidar. Mas para a sociedade atual é algo completamente comum, principalmente nesses últimos dois anos.

E tudo isso se tornou possível com o desenvolvimento de aplicativo. Hoje em dia, podemos pensar constantemente como criar um aplicativo pode ser complexo, porém, surpreendentemente, é possível encontrar um aplicativo para cada função que precisamos desempenhar: compras de supermercado, provadores virtuais, lojas, aplicativo de entregas, agências bancárias virtuais e muito mais. Não existe – quase – nada que não possa ser resolvido através de um aparelho móvel, graças ao avanço da tecnologia e o trabalho incansável daqueles que um dia se perguntaram como criar um aplicativo, e encontraram a resposta na prática.

Brechó de luxo segue o fluxo e também cresce nos últimos anos

Assim como parecia improvável poder comprar uma roupa e ainda experimentá-la através de um provador virtual, para os amantes de artigos de luxo parecia impossível encontrar um lugar que vendesse tais itens, com qualidade e preço acessível, afinal, diante de um cenário catastrófico e conserto de uma pandemia, a necessidade de consumir de forma mais cuidadosa e econômica falou bem alto. Com isso, os empreendedores com gosto pelo luxo viram na pandemia uma fase propícia para seu desenvolvimento e crescimento. E não deu outra: o brechó de luxo passou a ser muito procurado e novas lojas foram surgindo.

Um brechó de luxo está sempre preocupado em oferecer peças em bom estado, selecionadas cuidadosamente, higienizadas e organizadas de maneira impecável. Todo esse cuidado fez com que as pessoas vissem nesse nicho uma oportunidade de continuar consumindo artigos de luxo, e ainda economizar.

Muitas pessoas não abrem mão da qualidade, design único, diferenciado e exclusivo das peças de luxo, elas são desenvolvidas por especialistas da moda e carregam consigo muitas histórias e muito preparo. Todo esse empenho das grifes em oferecer apenas o melhor a seus consumidores faz com que as pessoas sonhem em ter seus artigos luxuosos. O grande “porém” é que esses artigos costumam ter um alto custo de aquisição, tornando a cultura dos artigos de luxo algo velado e reservado apenas a uma esfera particular da sociedade, ou seja, aqueles com maior poder aquisitivo.

Os brechós de luxos, portanto, surgem como uma alternativa mais democrática e viável para aqueles que querem ter a oportunidade de adquirir um artigo de luxo, de qualidade e exclusividade, sem sofrer grandes prejuízos financeiros – algo do qual os brasileiros estavam fugindo dado o momento de vulnerabilidade e incertezas quanto ao futuro. O brechó de luxo é, definitivamente, a ponte que une a economia ao material de qualidade inquestionável.

A crescente em ambos os setores aconteceu graças à pandemia

Sabe-se que essa pandemia será para sempre sinônimo de muitas perdas, sofrimento, insegurança e medo. Porém, para alguns setores, como o comercial e o digital, a pandemia será o grande divisor de águas, o marco que as colocou em um patamar difícil de alcançar tão rapidamente, Portanto, é possível concluir que até os momentos mais difíceis e sombrios podem trazer algo bom e que possa beneficiar a todos direta ou indiretamente, como criar um aplicativo para facilitar a vida das pessoas, e o brechó de luxo, áreas que viram na dificuldade uma chance iminente de revolucionar e fazer sua história ser lembrada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via