Dia da Saúde e Nutrição: saiba como a reeducação alimentar pode ser prazerosa

Foto: iStock
Foto: iStock

A data de 31 de março marca o Dia Nacional da Saúde e Nutrição, criada pelo Ministério da Saúde para conscientizar a população a respeito da importância de se adotar uma dieta saudável em suas vidas. De acordo com um levantamento do próprio governo, em 2022 o Brasil registrou mais de 6,7 milhões de pessoas com sobrepeso, ou seja, com o IMC (Índice de Massa Corporal) acima do recomendado para o seu corpo. Já o número de indivíduos com algum grau de obesidade ultrapassou os 1,6 milhões.

Esses números mostram que os brasileiros precisam dar mais atenção a sua rotina alimentar, pois esse é um assunto diretamente relacionado à saúde. É através da alimentação que garantimos todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo e conseguimos energia para realizar outros tipos de atividades importantes para a saúde, como exercícios físicos, por exemplo.

Para muitos, uma alimentação saudável é sinônimo de restrições e refeições pouco saborosas, mas esse é um pensamento bastante equivocado. Tudo é questão de adaptação e, para isso, primeiro é necessário passar pelo que chamamos de reeducação alimentar. Isso envolve escolher sempre alimentos saudáveis e variados para cada refeição, assim como comer dentro de um intervalo de tempo adequado para garantir que o corpo esteja sempre em sua melhor forma.

A reeducação alimentar não envolve apenas o tipo de alimento que você come, mas também a forma como faz isso. É essencial adotar uma série de hábitos que colaboram com o processo, então além de pensar na dieta, também é necessário beber pelo menos dois litros de água diariamente, mastigar bem os alimentos antes de engolir e comer a cada três horas para garantir máximo proveito de todo o valor nutricional das suas refeições.

Quanto ao cardápio, as proteínas magras (frango, queijo, ovos, peixes) devem estar presentes em todas as principais refeições, assim como os vegetais. Os cereais integrais também são ricos em fibras e ajudam a dar sustância ao longo do dia, então precisam estar presentes com regularidade. Quanto às famosas comidas que engordam, como doces, frituras e industrializados, é preciso ter cautela. Isso não significa parar de comê-las por completo, mas sim evitar exageros, tanto na quantidade quanto na frequência.

O sobrepeso e a obesidade são portas de entrada para diversas outras doenças e problemas de saúde, por isso é importante que todos tenham cuidado com sua alimentação e passem por uma reeducação alimentar adequada. Dessa forma, é possível comer bem e viver com mais qualidade de vida. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui