Início » Dramaturgia inédita “As Irmãs” de Rafael Souza-Ribeiro tem sua primeira leitura no Paço Imperial no Rio de Janeiro

Dramaturgia inédita “As Irmãs” de Rafael Souza-Ribeiro tem sua primeira leitura no Paço Imperial no Rio de Janeiro

por Redação
As Irmãs

No Dia da Proclamação da República, 15 de novembro, acontece a primeira leitura da dramaturgia inédita de Rafael Souza-Ribeiro, “As Irmãs”, que une autoficção a fatos reais oficiais da História do Brasil, protagonizados pelas princesas Isabel e Leopoldina. Será no Paço Imperial, às 15h. A entrada é gratuita.

A dramaturgia apresenta duas irmãs e atrizes bissextas, que se reencontram, após anos de rompimento, no velório do pai, um grande nome do teatro. Ao mesmo tempo que passam a limpo a história da família e do país, revivem uma discórdia de anos atrás: qual delas teria sido a melhor Princesa Isabel. A trama desperta as ironias e contradições da “pátria amada”, apropriadas na cômica relação familiar.

As atrizes Monique Vaillé e Natasha Corbelino são as protagonistas da leitura, que servirá como fonte de inspiração para compor a dramaturgia final, que estreia em dezembro. O projeto busca resgatar o interesse pela arte através da identificação com os temas da História e da família, a partir do diálogo direto com o público.

“Quis escrever esse texto como uma homenagem ao Diálogo. Dos pequenos diálogos cotidianos aos diálogos mais íntimos, passando pelos diálogos da História e das histórias do Brasil e do teatro brasileiro”, nos conta o dramaturgo Rafael Souza-Ribeiro, que também atua na direção ao lado de Carolina Godinho.

No ano em que se comemora o bicentenário da Independência do Brasil, em estreia no dia também conhecido como Golpe Republicano de 1889, “As Irmãs” evoca os sentimentos controversos da pátria e convida a cidade do Rio de Janeiro ao debate, para discutir temas como a branquitude violenta, a família, o eurocentrismo e os processos que formaram e ainda formam a sociedade brasileira.

O projeto conta com patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, através do edital Retomada Cultural RJ 2.

SERVIÇO: 

  • Primeira Leitura Performativa: 15/11
  • Horário: 15h
  • Local: Paço Imperial – Praça Quinze de Novembro, 48 – Centro, Rio de Janeiro
  • Classificação etária: 12 anos
  • Entrada Gratuita

FICHA TÉCNICA: 

Idealização: Carolina Godinho, Diego Nardes, Monique Vaillé e Natasha Corbelino

Criação da Dramaturgia: Rafael Souza-Ribeiro

Elenco Leitura Performativa: Monique Vaillé e Natasha Corbelino

Direção Leitura Performativa: Carolina Godinho e Rafael Souza-Ribeiro

Direção de Arte, Visagismo e Maquiagem – Leitura Performativa: Diego Nardes

Assistente de Visagismo, Maquiagem e Cabelos: Lucas Tetteo

Direção de Produção: Monique Vaillé e Natasha Corbelino

Produção Executiva: Milena Monteiro

Produção de Base: Waleska Areas

Assessoria de Imprensa: Patrick Lima

Mídias Sociais: Bia Ferraz – Cria Comunica

Programação Visual: Elio de Oliveira

Medidas de Acessibilidade (Intérprete de Libras na Leitura ): JDL Traduções

Contador: Jopec Servicos Administrativos

Pesquisa Dados Históricos: Natasha Corbelino

Pesquisa Personagens: Monique Vaillé

Gravação e Edição: Carolina Godinho

Assessoria de Imprensa: Patrick Lima

Mídias Sociais: Bia Ferraz – Cria Comunica

Programação Visual: Elio de Oliveira

Medidas de Acessibilidade (Intérprete de Libras na Leitura ): JDL Traduções

Contador: Jopec Servicos Administrativos

Administração Financeira: Nely Coelho

Produção da Logística do Projeto: Monique Vaillé

Prestação de Contas: Natasha Corbelino

Realização: Arte Nova, Corbelino Cultural e Delas Cultural

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via