Início » Férias escolares: literatura é opção de lazer para evitar excesso de tela

Férias escolares: literatura é opção de lazer para evitar excesso de tela

por Redação
Isa Colli

O mês de janeiro é marcado pelas férias escolares e é preciso usar a criatividade para garantir a diversão da garotada no período. Brincadeiras ao ar livre, visita a museus e cinema são opções legais para evitar que as crianças fiquem o dia inteiro vidradas no celular ou no videogame. E para quem gosta de brincar e aprender ao mesmo tempo, a dica é a leitura. Os livros estimulam a criatividade, além de deixar a criança mais crítica e reflexiva com os acontecimentos ao seu redor.

De acordo com a escritora e diretora da Colli Books Editora, Isa Colli, “os livros infantis são ferramentas poderosas que nos permitem viajar por um mundo imaginário. Os pais podem aproveitar esse período de férias para criar momentos juntos de interação, e ao mesmo tempo, acompanhar o desenvolvimento da capacidade de leitura de seus filhos,” comenta a executiva.

A autora tem diversos livros com temáticas que podem render boas brincadeiras após a leitura. Um exemplo é ‘Pássaro de Seda’, que mostra as aventuras de Fábio, um menino que mora na fazenda e adora confeccionar e soltar pipas. O garoto cria versões tão lindas, que fazem sucesso na vizinhança. Uma história que ensina às crianças noções de empreendedorismo e educação financeira.

“Essa história inspira a garotada. Você termina a leitura com vontade de soltar pipa. E por que não aproveitar o tempo livre para colocar as crianças para empinar papagaios no céu? Mas é fundamental seguir os cuidados tomados pelos personagem Fábio, que não usa cerol ou vidro moído porque é perigoso e pode ferir ou até matar pessoas”, alerta Isa. 
 
No livro ‘A Nuvem Floquinho’, Isa, conta a história de uma nuvem ambientalista que ao perceber as consequências das ações humanas para o planeta, se junta a outras nuvens para levar mensagens de conscientização e salvar a natureza. Após a leitura, uma dica que pode animar a meninada é organizar um teatrinho com os personagens da história. 

Outro livro interessante é ‘Descobertas de Inaiá’, também escrito por Isa Colli, conta os desafios e aprendizados da menina indígena Inaiá, quando ela começa a estudar em uma escola fora da aldeia. A chegada da jovenzinha ao colégio novo muda a sua vida e a dos colegas de classe. A sugestão de atividade inspirada em Inaiá é confeccionar com as crianças colares e pulseiras artesanais. 
 
Todos os livros da editora podem ser encontrados facilmente no Brasil, na Europa, e no mundo todo nos principais sites de e-commerce no formato impresso e e-book. Seguem alguns exemplos de lojas: Amazon, Wook, Fnac, Americanas, Submarino, entre outros.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via