Festival Cantando a Gente se Entende

Shows do Pastor Kleber Lucas, Rita Benneditto, Vou Pro Sereno, Padre Marco Lázaro, entre outros... - No Parque de Madureira - Sábado / Dia 25 de Maio - Entrada Franca

Data:

O Festival Cantando a Gente se Entende, encerra as atividades da Semana Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Uma realização do CEAP, CCIR, CIRCUITO UBUNTU. Evento destinado a promover o diálogo e fortalecer a tolerância, liberdade e coexistência pacífica entre diferentes religiões no Brasil. Ocorre em um contexto onde a intolerância religiosa continua a ser um desafio, especialmente notável no crescimento de casos contra comunidades religiosas minoritárias. 

– A atividade é alusiva ao 21 de janeiro – Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Instituída em 2007, através da Lei nº 11.635, de 27 de dezembro, a data foi escolhida em homenagem a Mãe Gilda, do Axé Abassá de Ogum, que foi vítima de diversas agressões, verbais e físicas, provocadas pelo preconceito à sua religião. 

A Semana Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, vem acontecendo no decorrer do ano, já realizou em 16 de janeiro (seguindo nos dias 17, 18, 19 e 20) no CCJF, no Centro. Com diversas mesas com debates, trazendo temas para a promoção da Liberdade Religiosa, Democracia e Direitos Humanos. Essa edição ganhou  um caráter mundial com a Conferência Internacional com a Dra. Epsy Campbell Barr, Emigdio Cuesta Pino e Michel Joseph, participação ainda de Mariana Gino, Helena Theodoro, entre outros. Abordados ainda temas como Estado laico, Liberdades e Pluralidades, Segurança Pública e Liberdade Religiosa, Política, Religiões e Democracia.

“A Semana Nacional de Combate à Intolerância Religiosa é uma das ações importantes dos trabalhos desenvolvidos pela CCIR e pelo CEAP. Neste ano, mais uma vez, o caráter internacional vem mostrar a importância da expansão das lutas e dos debates em defesa da liberdade religiosa, da pluralidade, da diversidade e contra a intolerância religiosa”. define o Prof. Dr. Babalawô Ivanir dos Santos. 

A Semana Nacional de Combate à Intolerância Religiosa celebra a diversidade e a liberdade religiosa com o grande festival inter-religioso

  • E nosábado – dia 25 de maio, em Madureira – Projeto “Cantando a Gente se Entende”. Festival Cultural Inter-religioso, no Parque de Madureira, aberto ao público, no decorrer do dia: show do Pastor Kleber Lucas e Rita Benneditto, com seu Tecnomacumba – 20 anos de Axé, samba do Vou Pro Sereno, participação também do Padre Marco Lázaro, de grupos culturais, coral, cantarias, dança cigana, entre outros. Conta ainda com em torno de 30 barracas inter-religiosas que compõem a atividade, apresentando suas características.  

– Kleber Lucas – Celebrando quase 30 anos de carreira, o cantor, compositor e produtor musical Kleber Lucas interpreta sucessos de sua autoria, como “Aos pés da cruz”, “Vou seguir com fé” E “Deus cuida de mim”, gravado com Caetano Veloso e que fez parte da trilha sonora da novela “Vai na fé”. Essa parceria foi premiada no Multishow de 2023, na categoria de Melhor Música Cristã. Detentor de um Grammy Latino, além de outras duas indicações, 15 CDs gravados, discos de ouro e platina, Kleber Lucas está lançando o projeto “Re-nasci”, que mescla influências das décadas de 1980 e 1990 com elementos contemporâneos, incorporando sonoridades da soul music. Esse trabalho dialoga abertamente com diversas expressões religiosas e não religiosas, numa abordagem inclusiva, que reflete o compromisso do artista com a diversidade e a tolerância religiosa, fortalecendo o diálogo em um Brasil plural.

– Tecnomacumba – 20 anos de Axé – Tecnomacumba, o espetáculo mais duradouro da música brasileira, é um marco na carreira de Rita Benneditto, que comemora duas décadas de sucesso em 2023, levando seu axé e resistência aos palcos do mundo. O repertório mescla pontos e rezas das religiões de matrizes africanas com temas da Música Popular Brasileira, tudo embalado por ritmos eletrônicos. No palco, o som dos tambores ressoa para além dos terreiros, conquistando audiências em todo o mundo. Este projeto lança luz sobre nossa herança ancestral, uma parte fundamental de nossa identidade como cultura e nação. Com aclamação tanto do público quanto da crítica, Tecnomacumba é uma intervenção cultural e um manifesto da brasilidade que se recusa a ser esquecido ou apagado, especialmente no contexto atual do Brasil.

– Vou Pro Sereno ou “VPS”, como chamam os fãs, é formado por Alex Sereno (tantã e voz), Paulinho Sereno (reco-reco) e Rodrigo Tchutchucão (violão). Com mais de 20 anos de história, o trio, que conta com mais de 1.8 milhão de ouvintes mensais no Spotify e 446 milhões de visualizações em seu canal oficial no YouTube, surgiu na Zona Oeste do Rio de Janeiro e explodiu nacionalmente com a música “Nada Pra Fazer”, que deu nome a uma roda de samba que levava cerca de 10 mil pessoas ao Bangu Atlético Clube, na capital carioca. A roda começou a atrair amantes do samba, além de muitos sambistas. Desde então, o grupo passou a rodar com o projeto, embalando e animando o público com o melhor dos clássicos do samba pelo país.

– Coral Guarani da Aldeia Mata Verde Bonita – Etnia Mbya Guarani da capital do Rio de Janeiro, da região do Município de Maricá.

– Padre Marco Lázaro – Mais um fenômeno do Marketing Religioso, o Padre Marco Lázaro. Ele começou na Bahia, onde criou o ritmo Axé-gospel, e hoje mora no Rio de Janeiro. O padre que se auto intitula “Artista de Deus” fala do desejo de estudar fora do país, condena a má distribuição de renda, cantando no seu repertório.  

– Círculo Holístico Arca da Montanha Azul – é uma instituição multirreligiosa, terapêutica, pedagógica, iniciática e científica fundada em 1989 por Philippe Bandeira de Mello, orientador espiritual da Casa,  que é psicólogo junguiano transpessoal. Têm como objetivo conhecer, proteger e difundir as mais diversas tradições sagradas do mundo. 

Mais informações: www.ccirbrasil.com.br/semana21

Dia 25 de Maio – Parque de Madureira – R. Soares Caldeira, 115.   

Das 10h às 20h

Entrada Franca  

SEMANA NACIONAL DE COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

“CANTANDO A GENTE SE ENTENDE” 

Apresentadores: Cistina George e Pai Nando de Oxaguiã

10h – abertura

10h20 –  Analys de Oyá – Roda de Conversa.

10h50 – Cantor Wellington Costa. MNE – Movimento Negro Evangélico

11h15 – Coven Lua de Louros (Wiccanos) Performance Teatral

11h40 – Cantaria Cigana – Xirê dos Ciganos Louvando os Orixás

12h10 /12h30 – Chegada da Procissão de Zé Pilintra (cortejo formado por vários grupos saindo da Portela até o parque de Madureira)

12h40 – Coral Guarani da Aldeia Mata Verde Bonita  

13h15 – Círculo Holístico Arca da Montanha Azul                                                                

Palco principal

14h40 – Vou Pro Sereno

16h – Padre Marco Lázaro

17h10 – Pastor Kleber Lucas

19h – Rita Benneditto

Sem apoio e confiança de parceiros não seria possível realizar um evento dessa magnitude.

Patrocínio: Tv Globo, Bayer, Ambev, Atacadão, Ministério de Cultura – Governo Federal, Secretaria Estadual de Cultura – RJ e Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro

– A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, cuida de um dos maiores patrimônios brasileiros: a cultura carioca. São mais de 50 equipamentos espalhados por toda a cidade, entre teatros, arenas, museus, bibliotecas, salas de leitura e centros culturais. Uma das maiores redes municipais de equipamentos de cultura da América Latina. Investimos mais de R$ 200 milhões por ano em cerca de 1.200 projetos pensados, produzidos e estrelados pela cena cultural carioca. São milhares de empregos gerados e um grande aporte financeiro para a cidade. Criada em 2013, a Lei Municipal de Incentivo à Cultura da cidade do Rio de Janeiro (Lei do ISS) é o maior mecanismo de incentivo municipal do país em volume de recursos e busca estimular o encontro da produção cultural com a população. Acreditamos que a cultura é um vetor fundamental de desenvolvimento econômico e social e de protagonismo da diversidade, democracia e da nossa identidade. Prefeitura do Rio / Secretaria Municipal de Cultura

– Atacadão – Com mais de 60 anos de história, o Atacadão é o maior atacadista brasileiro em número de lojas e está presente em mais de 220 cidades distribuídas por todos os estados do Brasil. Com mais de 70 mil colaboradores, é líder no segmento de atacarejo (cash & carry) e está em rápida expansão. A rede conta com mais de 360 unidades de autosserviço e 33 atacados de entrega, que garantem o abastecimento de comerciantes, transformadores e consumidores finais. Também atua no e-commerce com o seu próprio canal de vendas online e com uma robusta operação de marketplace, que conta com mais de 300 sellers parceiros de atacado. Para saber mais, acesse: https://www.atacadao.com.br/.

– Apoio: CCJF – Centro Cultural Justiça Federal / UNESCO / Defensoria Pública da União

/ Coordenadoria de Experiências Religiosas Africanas, Afro-brasileiras, Racismo e Intolerância Religiosa (ERARIR/LHER/UFRJ) / Coletivo Maitê Ferreira

– Realização Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) / Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) / CIRCUITO UBUNTU.

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

ÂNIMA: Novo espetáculo da filósofa Lúcia Helena Galvão no Teatro Fashion Mall

Os pensamentos, a coragem e as lutas de Joana...

Palco Américas apresenta show da cantora Rhayo

Américas Shopping promove, todas as quintas-feiras, às 19h, shows especiais...

Vivo na Praia tem mais um fim de semana em Ipanema

O projeto Vivo na Praia, promovido pela Vivo, segue para...
Compartilhe
Send this to a friend