Início » Frutas ganham destaque nas cervejas artesanais do Mondial de la Bière

Frutas ganham destaque nas cervejas artesanais do Mondial de la Bière

Caju, damasco, maracujá, morango e laranja: rótulos frutados são apostas das marcas

por Redação
Peba Mango IPA Juice Armadillo

Os fãs de cerveja artesanal já estão contando os dias para a 12ª edição do Mondial de la Bière, que acontece entre 7 e 11 de dezembro na Marina da Glória. Entre as apostas de estilos estão os rótulos frutados, que levam ingredientes como caju, damasco, maracujá, morango e laranja. A fruit beer, como é chamado o estilo, prova que o universo de cervejas artesanais vai muito além de malte e lúpulo. Quando produzida com adição ou extrato de frutas, a bebida ganha sabor refrescante, além de novas características de coloração, corpo e aroma.

A Cervejaria Dádiva apresenta no festival a Saison Printemps: cerveja estilo belga, que traz o damasco como ingrediente especial. Já a The Doctor Brewery leva a Catharia Sour Frutas Vermelhas. A Armadillo Brewery apresenta a Peba Mango, uma cerveja feita com produtos selecionados e adição de manga durante a fermentação o que confere forte aroma de frutas tropicais.

A Masterpiece aposta na sua Catharia Sour com Jabuticaba, que é refrescante e apresenta equilíbrio entre o doce da fruta e a acidez das sour. A Belgairoca desenvolveu uma Belgian Ipa de corpo leve médio e sabor frutado-cítrico-spicy, com notas de frutas como lichia, maracujá, groselha e grapefruit.

O Mondial terá muitos outros rótulos frutados para diferentes paladares. A Hocus Pocus vem com a Pineapple Express, uma American IPA com abacaxi; e a Orange Sunshine, American Blonde Ale com laranja. A Alpendorf, cervejaria de Nova Friburgo, volta com a Wit com adição de abacaxi e hortelã, sucesso na edição passada. Quem for até a Mad Brew, poderá degustar a Imperial Sour, de kiwi e morango. Já a Matisse virá com a Cézanne, uma fruit sour com pêssego; e a Camille, uma witbier com pêra e cardamomo.

A cervejaria Búzios aposta na Brigitte, witbier condimentada com semente de coentro e com casca de laranja. A Ruradélica vem do Rio Grande do Sul com a The Growlers: double IPA com adição de cascas de laranjeira. E a paulistana Cybeer Lab oferece a Mango Wit, a Sour Goiaba com Maracujá e a APA Maracujá.

Como será o festival

Nesta edição o Mondial de la Bière está de cara nova: além do protagonismo da cerveja artesanal, o festival também amplia seu espaço para a gastronomia, a mixologia e a música, transformando-se em um verdadeiro programa de entretenimento para todos os públicos.

Este ano, o festival ganha chefs estrelados para comandar cinco novos restaurantes. O apresentador e chef carioca Pedro Benoliel, embaixador da área de gastronomia do evento, está à frente do Laricas por Benoliel, com opções de hambúrguer clássicos e apimentados com jalapeño. O chef paulista vencedor do “Cook Island – Ilha do Sabor”, do GNT, Paulo Yoller, também cria no Suculentos por Yoller receitas de hambúrguer com molhos especiais. Tanto Benoliel quanto Yoller vão oferecer ao público deliciosas porções de batata frita.

Para os amantes de frutos do mar, o chef baiano, Kaywa Hilton, Ex-Mestre do Sabor, chega com o Tabuleiro do Kaywa. Tacos de camarão, smash de barriga de atum e a burrata especial com guacamole estão entre os pratos montados especialmente para o evento. Já a Lanchonete & CO, oferece hot dog com queijo jersey, choripan e as pizzas queridinhas de marguerita e peperoni; e o Natural do Mondial abraça o público vegetariano da edição, com porções de falafel com tahine, além dos hambúrgueres de falafel e de quinoa.

A estrutura do evento foi planejada para otimizar todos os espaços ao ar livre e o visual oferecidos pela Marina. Nas áreas externas, dois palcos garantem boa música do início ao fim, com  ritmos que vão do samba ao rock, e a apresentação de dezenas de artistas durante os cinco dias de festival. O DJ e apresentador Rapha Lima fica à frente da área de entretenimento do festival. A ideia é explorar a difusão da arte com pluralidade, trazendo bandas e artistas que vão animar a área externa do festival com boa música para todos os gostos e públicos.

Para garantir conforto e comodidade, a quantidade de banheiros será duas vezes maior do que na última edição e a estrutura foi planejada de forma a facilitar o trânsito de pessoas entre as diferentes áreas do festival. Os gramados serão ocupados por áreas amplas e convidativas para descanso e o espaço será inclusivo como um todo, não só com acessibilidade, mas também com funcionalidades favoráveis até para famílias com crianças de todas as idades. No Mondial de la Bière, menores de 18 anos não pagam e só entram acompanhados pelos pais ou responsáveis.

“Com este reposicionamento, trazemos de volta o Mondial de la Bière com tudo o que o nosso público gosta e muito mais. Por mais de um ano, estudamos o espaço da Marina da Glória para criar um novo modelo de evento. Vamos entregar um festival com a nossa essência e uma estrutura maior e melhor”, comenta Gabriel Pulcino, gerente da GL Exhibitions e responsável pela realização do festival.

Os ingressos podem ser encontrados no site do evento e em bares espalhados pela cidade, nas zonas Sul, Norte e Oeste, além de Niterói. Desde 2017, há a modalidade cervejeiro solidário: o público paga um valor promocional e, no dia do evento, deve levar 1 kg de alimento não perecível para doação. Mais de 200 toneladas de alimentos já foram arrecadadas pela organização, que as distribui para instituições necessitadas em parceria com o SESC Mesa Brasil.

SERVIÇO:

Mondial de la Bière 2022

  • Data: 7 e 11 de dezembro
  • Local: Marina da Glória – Av. Infante Dom Henrique, s/nº, Glória, Rio de Janeiro
  • Ingressos: https://www.mondialdelabiererio.com/
  • Preços: A partir de R$ 60
  • Horário: 
  • Quarta-feira – 16h às 23h
  • Quinta-feira – 16h às 23h
  • Sexta-feira – 14h à 0h
  • Sábado – 14h à 0h (Ingressos esgotados)
  • Domingo – 13h às 22h

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via