Início » Império da Tijuca convida passista solitária da Sapucaí para participar de desfile

Império da Tijuca convida passista solitária da Sapucaí para participar de desfile

Adriana da Costa Salles viralizou na web após ser registrada dançando o Samba de Quilombo durante ensaio técnico

por Redação
Adriana da Costa

A diretoria do Império da Tijuca encontrou a mulher que viralizou após ser filmada sambando sozinha na Marquês de Sapucaí. Adriana da Costa Salles, de 36 anos, circulava no final da tarde desta quinta-feira, 31 de março, pelas redondezas da Apoteose, no Centro do Rio.

Adriana ficou conhecida por meio das imagens produzidas pelo fotógrafo Rafael Catarcione, e que começaram a circular na web na noite da última terça-feira (29). No vídeo, a Cinderela esbanja felicidade sambando sozinha e de forma espontânea, durante o ensaio técnico, realizado em 19 de março. A trilha sonora não poderia ser outra: o “Samba de Quilombo: a Resistência pela Raiz”, enredo que o Primeiro Império do Samba vai levar neste ano para a Passarela.

A coreografia livre e solitária conquistou o público na Avenida, e, principalmente os internautas, que logo compartilharam o vídeo nas redes sociais. Na manhã desta quinta-feira, a diretoria do Império da Tijuca realizou as buscas pela região do Catumbi, onde Adriana circula, e é bem conhecida pelos moradores.

Após ser encontrada, a mais nova componente do Primeiro Império do Samba foi recebida pela presidência no barracão, localizado nas adjacências do Sambódromo. Ela dividiu sua história com o carnavalesco, Guilherme Estevão, e revelou que é mãe de três meninas que são cuidadas por uma tia de consideração. Ela cata latinhas para sobreviver, não sabe ler, nem escrever, e conta com o apoio de moradores da redondeza.

Ao ser questionada por Guilherme se aceitaria repetir o feito na Avenida, ela prontamente aceitou o convite e irá participar do nosso desfile, que acontecerá em 21 de abril.

“Eu fico nas ruas. No dia do ensaio, eu estava no Sambódromo catando latinhas, ouvi o samba, comecei a sambar! De repente, eu tive a surpresa quando eles me encontraram e me convidaram para desfilar pela primeira vez na Avenida. Tô com muita vergonha, mas nós vamos chegar lá e ganhar!”, comemora Adriana.

A passista deixou de ser solitária, ela virá em uma ala especial, acompanhada por um grupo de jovens atrizes negras.

A partir de agora, a Cinderela do Samba terá um novo capítulo em sua história, escrito pelas mãos do Primeiro Império do Samba, que se coloca disposto a abrir as portas para que Adriana consiga estudar, ingressar no Mercado de Trabalho e dar uma nova vida à sua família.

O Império da Tijuca será a sétima escola a pisar na Marquês de Sapucaí, dia 21 de abril, quinta-feira, com o enredo “Samba de Quilombo – A resistência pela raiz”, de autoria do carnavalesco Guilherme Estevão. A Primeira Coroa do Samba segue firme na disputa pelo título da Série Ouro.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Não estou interessado em compartilhar. Clique aqui para voltar para o conteúdo!
This window will automatically close in 10 seconds
Share via