Início » Instituto Estação das Letras inaugura formações literárias para Mediadores de Leitura e Escritores e reforça a importância da profissionalização

Instituto Estação das Letras inaugura formações literárias para Mediadores de Leitura e Escritores e reforça a importância da profissionalização

por Redação

Considerada um dos grandes desafios da educação brasileira, a formação de leitores passa pela necessidade de profissionais capazes de estimular os potenciais leitores. Uma boa formação literária possibilita tanto o surgimento de cidadãos leitores como alavanca o surgimento de novos escritores, num país que  perdeu entre os anos de 2015 e 2019 mais de 4,6 milhões de leitores, segundo dados da última pesquisa Retratos da Leitura no Brasil.

Esta é a análise da diretora do Instituto Estação das Letras, mediadora de leitura, curadora de cursos e eventos em Literatura e Mercado Editorial Suzana Vargas e que apresenta ao mercado, em março de 2022, formações online, em tempo real, para escritores e mediadores visando exercício competente do seu trabalho, em cursos que levam 10 meses.

O projeto do Instituto, para preencher uma lacuna no cenário nacional, é fruto da experiência com escritores iniciantes e pessoas que desejam poder trabalhar texto/ livros em salas de aula ou fora delas e incentivar novos talentos literários e formar leitores e profissionais da leitura.

Segundo Suzana Vargas, tanto escrever como trabalhar em sala de aula ou com grupos de leitura pressupõe um entendimento amplo do livro, da leitura e da literatura, abrangendo aspectos históricos, técnicos e socioeconômicos. Bons escritores e mediadores de leitura nascem através de formações sólidas .

– Ao longo de 27 anos com oficinas de leitura e escrita ficou clara a necessidade de se possuir uma formação mais sólida no campo literário. Um escritor é sobretudo um grande leitor. Por sua vez o professor ou mediador precisa estar munido de muita informação e capacidade de transmiti-la ao público-alvo. Pouquíssimos cursos oferecem uma formação literária de qualidade que beneficie aqueles aspirantes a escritores ou mediadores e não possuem uma formação em Letras.

Além da Formação Literária para Mediadores de Leitura, pensada para atender a demanda daqueles que, exercendo o papel de educadores ou agentes culturais, desejam compreender melhor esse universo, a Formação Literária para Escritores também foi concebida para aqueles que desejam ingressar na carreira literária e necessitam se exercitar nas práticas textuais, além de compreender melhor o universo dos livros: seus aspectos históricos, técnicos e socioeconômicos.

Os professores e escritores-mentores envolvidos nos dois programas e que conduzem cursos obrigatórios e eletivos são profissionais reconhecidos nacional e internacionalmente como José Castello, Claudia Lage e Sandra Reimão .

A ideia é que essas formações deem organicidade ao que até então vinha sendo feito por meio de cursos livres, que podem continuar sendo buscados por amantes dos gêneros literários, da escrita e do mercado editorial.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via