Início » Organizadores do Rock in Rio e Ingresso.com celebram sucesso e retorno positivo do público sobre os tickets digitais

Organizadores do Rock in Rio e Ingresso.com celebram sucesso e retorno positivo do público sobre os tickets digitais

Durante os sete dias de festa na Cidade do Rock, fãs levaram apenas quatro segundos para ter o ingresso lido nas catracas. Pesquisa da Ingresso.com, por meio de contato via e-mail com os clientes, apontou que o festival foi a primeira experiência com o ticket digital da maioria dos clientes

por Redação

Rock in RioA edição do reencontro do Rock in Rio proporcionou diversas experiências inéditas para o público. Uma delas foi a chegada dos ingressos digitais. A solução tecnológica pioneira, desenvolvida com exclusividade pela Ingresso.com junto com o Rock in Rio para a melhor e maior edição de todos os tempos do festival, foi um sucesso logo em sua estreia. A tecnologia trouxe mais agilidade para os fãs, que levaram, em média, apenas quatro segundos para ter o ingresso lido nas catracas de acesso ao evento nas sete noites de shows, segundo dados da Ingresso.com. A pesquisa, por meio de contato via e-mail com os clientes, apontou também que para 65% dos usuários, esta foi a primeira experiência apenas aproximando o celular na catraca.

Do total de acessos, mais de 98% foram feitos inteiramente pelo Ingresso Digital, o que mostra o sucesso da implementação da novidade em 2022. Já 27% do público presente nunca tinha utilizado seus smartphones como uma carteira digital e sequer conheciam a funcionalidade. Além disso, um dos mecanismos de segurança adicionados à tecnologia do ticket foi a transferência com aceite de ponta a ponta. E segundo os usuários que enviaram e / ou receberam o ingresso, o processo foi considerado fácil ou muito fácil por 80% deles. A pesquisa foi realizada por e-mail, com mais de 13 mil participantes, sendo 77,2% com idades entre 18 e 44 anos.

Os dados coletados também comprovam que grande parte do público optou por chegar cedo ao Rock in Rio. Do total de acessos nas catracas da Cidade do Rock, quase 80% foram realizados entre 14 horas e 18 horas, com destaque para o dia 4 de setembro, quando após pouco mais de 2h30 da abertura dos portões, 95 mil pessoas já haviam entrado no evento. Considerando todos os portões de entrada à Cidade do Rock, a média de pessoas passando pelas catracas com o ticket digital foi de quase 4 mil por hora.

Para a organização do Rock in Rio, a implementação do novo acesso à Cidade do Rock foi um sucesso: “O projeto foi bastante desafiador, não só para o Rock in Rio, mas também para o público. Mais do que uma nova tecnologia, o que fizemos foi provocar uma mudança comportamental na utilização do ingresso. Foi feito um trabalho exaustivo de comunicação previamente com os clientes, para evitarmos problemas no acesso. Dessa forma, conseguimos ter a maior parte das dúvidas esclarecidas, e os fãs chegaram bem-preparados.  O acesso no evento foi muito rápido e tranquilo. O resultado desse novo modelo de ingresso foi muito positivo.” afirma Juliana Ribeiro, diretora de Ticketing do Rock in Rio.

Roberto José, diretor de Tecnologia da Ingresso.com, também comemorou o resultado: “Sabíamos que os desafios de colocar uma vasta quantidade de pessoas para dentro do festival de maneira fluida seria grande. Mesmo tendo sido o primeiro evento com esse tipo de controle de acesso, não identificamos dificuldades representativas na leitura dos ingressos, ou seja, conforme as pessoas forem usando mais essa tecnologia, mais simples será o acesso. Essa média de tempo corrobora com a nossa percepção e mostra que conseguimos atingir um dos principais objetivos que tínhamos com a nova tecnologia”.

A sustentabilidade e a segurança foram bastante consideradas na hora do desenvolvimento do projeto. Na primeira, foi reduzido consideravelmente o desperdício e a produção de lixo que seriam gerados na confecção de centenas de milhares de ingressos físicos. O segundo tópico trouxe a preocupação de reduzir ao máximo a possibilidade de fraudes, para isso, um dos diferenciais foi o mecanismo de transferências digitais de ponta a ponta.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via