Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom retorna à Copacabana neste sábado

Com entrada franca, orquestra carioca formada por 28 jovens da rede pública de ensino irá apresentar grandes clássicos da música brasileira

Data:

Neste próximo dia 25 de maio, sábado, às 18h, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom retornará ao seu tradicional palco, o Forte de Copacabana, para mais um concerto de sua série mensal no espaço, um dos pontos turísticos cariocas mais visitados. Além dos violões, a Violões do Forte de Copacabana e Shalom reúne instrumentos como clarineta, flauta transversa, saxofone, trompete, trombone, teclado, percussão e bateria. Os jovens são convidados a apresentar músicas do repertório tradicional da MPB, muito conhecido pelo público, assim como músicas belíssimas de grandes nomes da nossa música, porém não tão conhecidas pelo grande público. 

O projeto é idealizado pelo Instituto Rudá, por meio da Lei Rouanet – Lei de Incentivo à Cultura e conta como mantenedores o Grupo Shalom e a CNOOC – PETROLEUM BRASIL. Já o patrocínio é da ONS-Sistema Nacional do Sistema Elétrico e da TIJOÁ Energia. O projeto conta ainda com o apoio cultural da FHE-POUPEX e da Associação de Arte e Cultura RioMont.

O Instituto Rudá é especializado em gestão de orquestras, e com idealização da produtora e empresária Márcia Melchior, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana é formada por 28 jovens que possuem de 13 a 21 anos, alunos da rede pública de ensino. Os componentes ensaiam uma vez por semana no Forte de Copacabana e ainda contam com ensino de apoio, como aulas de inglês. A Orquestra tambéé parceira da Orquestra Shalom, que a acompanha há 12 anos.

O objetivo da Orquestra é capacitar os jovens para que eles cheguem a ingressar em orquestras profissionais, em orquestras das Forças Armadas, e que tenham um caminho profissionalizante, graças à música. Felizmente, ao longo dos anos, diversos estudantes da Orquestra ingressaram em projetos musicais e culturais, na academia, alguns chegando mesmo ao doutorado. Essa é a nossa maior missão”, diz Márcia Melchior.

Tendo realizado diversas apresentações neste tempo, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana vem cumprindo o papel de incentivar novos talentos, e de difundir a cultura musical, fazendo dessa arte um instrumento de inclusão social e formação profissional. Acreditando na modificação do indivíduo através da arte, o Instituto empreendeu ações educativas envolvendo jovens em situação de carência econômica e social, fazendo da música um elemento formador de comportamento. Além dos conhecimentos próprios à execução do instrumento escolhido, a música proporciona aos jovens amadurecimento, profissionalização e maior solidariedade entre os componentes da Orquestra.

SERVIÇO:

Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom 

  • Data: 25 de maio, sábado
  • Horário: 18h
  • Local: Alameda do Forte de Copacabana – Praça Cel. Eugênio Franco, 1, Posto 6.
  • 60 minutos. Grátis. Livre.

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

Rock in Rio Lisboa começa hoje com edição especial que celebra os 20 anos de história

Faltam poucas horas para o início da histórica edição...

Vivo na Praia de volta a Ipanema

O projeto Vivo na Praia, promovido pela Vivo, está de...
Compartilhe
Send this to a friend