Carina Alves lança novo título da premiada série Literatura Acessível

A menina potiguara

Anamã é uma menina da etnia Potiguara, que vive com a família no litoral da Paraíba e adora surfar. Ela usa cadeira de rodas e precisa de recursos acessíveis e do suporte de outras pessoas para desfrutar da sua paixão. 

Escrito pela psicóloga e doutora em Educação Carina Alves, com prefácio da atriz Dira Paes e ilustração de Roney Bunn, “A menina potiguara” é o resultado da imersão de Carina, fundadora do Instituto Incluir, junto às comunidades indígenas de Baia da Traição (PB), e soma a temática do respeito à cultura dos povos originários à inclusão,  diversidade e multiculturalidade, principais insumos dos outros títulos da série Literatura Acessível. O livro será lançado na Casa Camolese, no próximo dia 30/05 às 18h, no Jardim Botânico – RJ.

Assim como os demais títulos da série – que rendeu a Carina e ao Instituto Incluir o Prêmio Confucio de Alfabetização (2022), da UNESCO e do governo da China e foi um dos cinco finalistas do prêmio Jabuti –  “A menina potiguara” é um projeto inclusivo. Além da impressão em Braille, oferece audiodescrição, fonte ampliada, escrita simples e interpretação em Libras, disponíveis na plataforma www.literaturaacessivel.com.br

“Anamã se junta aos outros personagens dos meus livros infantojuvenis, crianças e jovens com e sem deficiência, que nos ensinam muito sobre a importância da inclusão, da diversidade da acessibilidade, dos direitos humanos e do empoderamento de meninas e mulheres. Combater o preconceito contra os povos indígenas é combater a violência”, diz Carina. 

Uma das mais importantes vozes em defesa dos direitos dos povos originários, Dira Paes destaca justamente a diversidade, marca registrada do Brasil, e a resiliência da personagem-título diante das dificuldades. No prefácio que assina, ela diz: “Com sua alegria, Anamã nos convida para esta leitura como um mergulho em nós mesmos. Sejamos Anamã, pelo menos por um dia.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui