Início » Casos de obesidade aumentam no país e especialista fala sobre cuidados necessários

Casos de obesidade aumentam no país e especialista fala sobre cuidados necessários

Com a chegada do dia mundial da obesidade especialista chama atenção  para o assunto

por Redação

Ainda é um desejo frequente para muitos brasileiros marcar uns quilinhos a menos na balança, segundo uma pesquisa feita pela UFBA entre os anos de 2020 e 2021 o Google registrou um aumento de procura por emagrecimento, ou seja, as pessoas foram atrás querem emagrecer sem antes ir em busca de acompanhamento profissional. Em contrapartida o estudo estudo A Epidemia de Obesidade e as DCNT – Causas, custos e sobrecarga no SUS, realizado no Brasil, consta que num período de 2006 à 2019 o índice de obesidade teve um salto de 11,8% para 20,03% e se continuar nessa constância a previsão é que em 2030 mais da metade da população brasileira estará acima do peso. O estudo apresenta também a associação do excesso de peso e gordura corporal com o aumento no risco de Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT).

A pessoa ao procurar sobre emagrecimento na plataforma de buscas vai se deparar com diversas informações divergentes , dessa forma ela pode seguir uma dieta que não é ideal para ela e não vai ajudá- la a perder peso de forma saudável. A nutricionista da rede de estética Emporium da Beleza, Carolina Trigo, ressalta: “É essencial o acompanhamento do nutricionista, pois conseguimos ver a realidade e necessidade de cada paciente para poder adequar o que é preciso, já que existe grande dificuldade para algumas pessoas de entrar em déficit calórico.”

A clínica Emporium da Beleza realiza um tratamento no qual une a saúde e tratamentos estéticos para um resultado mais satisfatório. O tratamento Lipo 10 tem como objetivo fazer com que o cliente emagreça até 10kg em 10 semanas, contendo 20 sessões de procedimentos estéticos corporais, realizados de acordo com a necessidade do cliente, podem ser feitos até dois tratamentos por dia. Porém, para que ocorra um emagrecimento saudável e com melhor efeito, a pessoa recebe um acompanhamento nutricional durante as 10 semanas de tratamento. Os procedimentos utilizados são: lipocavitação, ultracavitação, ondas de choque, endermologia, aparelho de criofrequência, radiofrequência, ozonioterapia, tecarterapia, manta térmica. Semanalmente durante a realização dos procedimentos é feita uma análise da redução de pesos e medidas através da balança, fita métrica, adipômetro e fotografias. “Durante o protocolo os pacientes são acompanhados diariamente dessa forma é possível perceber os resultados. Caso a pessoa não esteja evoluindo no tratamento eu consigo trocar o protocolo para um de melhor eficácia” acrescenta a nutricionista Carolina.

Algumas pessoas também sentem a necessidade do emagrecimento mais rápido, por isso a Clínica também oferece o protocolo chamado Lipo Turbo, em que a pessoa pode emagrecer até 10kg em um mês. Nesse tratamento são oferecidos os nutricosméticos Emagremax que auxilia na inibição do apetite e o Emagre Chá, um chá de ervas mistas que serve para auxiliar no controle de retenção líquida e são apenas 16 sessões de procedimentos estéticos corporais associado a aplicação de enzima ativadora metabólica intramuscular uma vez na semana.

Nele a pessoa também terá o acompanhamento, afinal a nutricionista vai levar em consideração a saúde, solicitando exames e analisando os nutrientes em falta, que precisam de reposição e também verificar a qualidade do alimento. “Cada pessoa tem uma necessidade diferente e portanto dietas diferentes, então nesse caso fazer uma dieta restritiva sem acompanhamento pode levar a consequências como a falta de nutrientes”, diz a Dra Carolina.

A nutricionista ressalta também sobre o efeito sanfona e ao que ele está ligado: “Efeito sanfona é provocado pela falta da reeducação alimentar e por não adquirir novos hábitos. Realizar uma restrição alimentar ou dieta rígida por um determinado tempo pode trazer resultados, porém a curto prazo. Para que não ocorra o efeito sanfona é preciso a mudança de hábitos e na alimentação” . Segundo a doutora a consciência sobre a alimentação deve ser um hábito adquirido. “Existe a fome física e a fome emocional. A fome física é a fisiológica na qual é necessário comer algo para repor suas energias e nutrientes, já a fome emocional vai servir como um apoio ou pretexto para comer algo que na maioria das vezes causa um prazer rápido e momentâneo e não são saudáveis. Nesse caso é preciso ter consciência do objetivo do emagrecimento e repensar o motivo do desejo da alimentação. “ Além disso ele dá dicas de como se tornar mais saudável adicionando pequenas mudanças no cotidiano, como:

  • Boa noite de sono
  • Fazer atividade física
  • Boa alimentação
  • Beber a quantidade de água ideal para seu corpo, calculada pela conta: peso x 0.035

O implante de chip para reposição hormonal pode ser um aliado no controle do peso, ajudando no combate à compulsão alimentar, na perda de gordura e ganho de massa magra. A geriatra Márcia Umbelino, especialista em modulação hormonal, ressalta “Existem diferentes causas para o aumento de peso, então cada causa é analisada e são usados diferentes medicamentos para o controle da compulsão, melhora do metabolismo, aumento de dopamina caso seja o motivo do problema.”

O ortopedista André Perin destaca que a obesidade pode gerar algumas doenças que afetam a mobilidade como artrose e tendinite, porém são reversíveis e um dos tratamentos é o emagrecimento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via