Experiência sobrenatural inspira autor a criar o universo de “O Diário de Hass”

Momentos aterrorizantes serviram de inspiração para H. F. Pessoa escrever o misterioso e fantástico enredo de O Diário de Hass. Em uma determinada noite, ele acordou assustado com a janela do quarto arrombada por uma violenta rajada de vento. Quando viu que o ferrolho que a trancava estava intacto, tudo mudou. Enfrentou dias de insônia com a sensação de ser constantemente observado; até que uma história surgiu e decidiu escrever.

Esta experiência real do autor é transferida para o personagem Hass, um garoto de sete anos, solitário, ansioso e sem muitos amigos. No enredo, essa aparente tranquilidade muda quando ele entra em confronto com a professora na escola e percebe-se tomado por uma força extraordinária, sucedida por pesadelos diários.

O Diário de HassNão conseguia mais dormir de noite. Aquele pesadelo que eu tive no hospital se tornou recorrente e mais intenso. Tão real quanto estar com os olhos abertos. Virou a minha tortura diária. Em alguns momentos durante o dia, quando minha perna formigava, eu levava a mão imediatamente ao lugar para ter certeza que ainda estava lá. Estava ficando difícil suportar e ainda mais de esconder. (O Diário de Hass, pg. 34)

Ele descobre que aquela vida pacata era uma farsa: até então, o protagonista não sabia os segredos por trás de sua relação com a mãe, tampouco percebia que existia um mundo noutra dimensão a qual pertence. Envolvido em uma cadeia de segredos, mistérios e aventuras mortais, o garoto precisará lutar para sobreviver e para descobrir quem verdadeiramente é.

H. F. Pessoa não entrega apenas uma leitura eletrizante, mas uma experiência multissensorial. Tudo começa no processo de compra: com um site adaptado e escuro, o público é apresentado às principais temáticas da obra, como mistério, licantropia, dimensões alternativas e atividades sobrenaturais.

Ao receberem o livro, os leitores encontram uma carta cheia de instruções e perfumada com uma essência exclusiva. Ganham também acesso a uma trilha sonora com efeito binaural, que ajuda a melhorar a concentração na leitura. E o melhor: a sequência da trama já está desenhada.

O autor

H. F. Pessoa
H. F. Pessoa

Nascido em Vitória da Conquista, na Bahia, Heliel Ferraz Pessoa é advogado, pós-graduado em Direito Penal e Criminologia, além de ter trabalhado como hipnoterapeuta e músico. Apaixonado por assuntos sobrenaturais, de terror e fantasia, escreveu a obra “Diário de Hass”. Com o primeiro livro publicado, a saga tem três continuações finalizadas que serão lançadas nos próximos anos. O autor planeja, no total, oito volumes.

Redes sociais: Instagram | Site oficial

FICHA TÉCNICA

Título: O Diário de Hass
Autor: H. F. Pessoa
Editora: Publicação independente
ISBN/ASIN: 9786500471571
Páginas: 263
Preço: R$ 59,90 (físico + brindes)
Onde comprar: Site oficial