Início » Leo Surcin estreia na FLIP com o livro “Julgamento Infernal”

Leo Surcin estreia na FLIP com o livro “Julgamento Infernal”

AUTOR REALIZA LANÇAMENTO OFICIAL NA FEIRA E RECEBE LEITORES PARA NOITE DE AUTÓGRAFOS NESTA SEXTA-FEIRA (25), EM PARATY

por Redação
LEO SURCIN

LEO SURCIN

O autor carioca Leo Surcin se prepara para sua estreia na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), evento literário mais importante da América Latina. E o estreante já chega numa data marcante quando a feira celebra 20 anos de história e com a retomada presencial nas ruas e praças da cidade da Costa Verde do Rio. O momento é mais do que especial para o autor, pois o lançamento do seu 1º livro solo, “Julgamento Infernal” pela editora Patuá será realizado na Flip, nesta sexta-feira, 25 de novembro, às 19h, na Casa Gueto, no centro histórico, onde ele recebe leitores para noite de autógrafos.

Leo usa o realismo fantástico, mesclando o humor e o horror para falar de temas profundos e importantes que mexem com nossa sociedade. Traz como referências tanto grandes títulos nacionais como “O Santo Inquérito”, de Dias Gomes, quanto “O Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna, e também grandes obras internacionais como “O Dilúvio”, do sueco Henning Berger, e “Três Irmãs” de Tchekhov. Como a feira, que traz para o centro de seus debates a pluralidade de visões e sensibilidade que estão em jogo na contemporaneidade, o autor desperta a atenção do leitor para comportamentos da nossa sociedade dentro do poder judiciário.

A obra:

“Julgamento Infernal” mostra o julgamento de uma mulher que, ao colocar os pés na sala de julgamento, percebe-se que já está condenada, tanto moralmente quanto pessoal e judicialmente; e que os trâmites processuais não passam de mera formalidade, para dizer que houve obediência à lei. Inconformado ao perceber a aberração moral da juíza e dos demais falsos paladinos da justiça presentes, o coroinha parece invocar forças das trevas e acaba sendo possuído pelo próprio capeta. A juíza ordena aos presentes que exorcizem a entidade, mas o capeta é quem passa a julgá-los e desmascara um por um, mostrando quem eles são de verdade e revelando o papel que cada um teve para que a mulher chegasse àquela vida miserável.

Vale ressaltar que a obra está sendo lançada pela editora Patuá que se estabeleceu como uma das principais editoras independentes do país, conquistando diversos prêmios nacionais dentre os mais importantes, como Prêmio São Paulo de Literatura, Jabuti, Biblioteca Nacional, Oceanos dentre outros, além de figurar entre finalistas e semifinalistas.

o autor:

Leo Surcin iniciou na área jurídica e migrou para a área de escrita e storytelling em geral. É Bacharel em Direito com especialização em Penal e Processo Penal. Também possui especialização em Cinema e Produção Audiovisual, além de formação em Rádio e TV. Tem DRT em Roteiro, Direção, Produção e Autor-roteirista. Repórter Cinematográfico. Associado ABERST – Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror. Membro do Icine – Cinema do Interior de São Paulo. Possui 15 laurels de escrita dentre dramaturgia, podcast de série ficcional, livros, HQs e roteiros audiovisuais. Prêmios e seleções mais importantes: Rio Webfest, Br Lab, ROTA, FIA – Festival Ibero-americano, Proac SP. Possui 13 contos e 11 poemas publicados, além de diversos projetos em andamento.

Serviço:

Lançamento Livro – Julgamento Infernal na Flip (Festa Literária Internacional de Paraty)

Data: 25/11

Horário: a partir das 19h

Local: Casa Gueto, Rua Benedito Telmo Coupê, 277 – Antiga Rua Fresca, Centro Histórico, Paraty / RJ

O Livro já está em pré-venda e pode ser encontrado no site da editora, através do link: https://www.editorapatua.com.br/julgamento-infernal-de-leo-surcin/p

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via