O projeto Tecnomacumba de Rita Benneditto ganha exposição no Museu da História e da Cultura Afro-brasileira – MUHCAB – no Rio de Janeiro

A exposição “Cantos, Cores e Telas – Tecnomacumba de Rita Benneditto pelo traço de Fernando Mendonça” está aberta para visitação até 28 de julho. Esta exposição marca a reinauguração do Museu da História e da Cultura Afro-brasileira – MUHCAB, localizado na Região Portuária do Rio de Janeiro.

Em celebração aos 20 anos do projeto Tecnomacumba, com curadoria do artista visual e músico Cabelo Cobra Coral, a exposição Cantos, Cores e Telas – Tecnomacumba de Rita Benneditto pelo traço de Fernando Mendonça estará exposta de 29 de junho a 28 de julho, no MUHCAB, e reúne 15 obras em tela e chapa acrílica do multiartista maranhense, criadas durante os shows da cantora.

Tecnomacumba é um marco na carreira de Rita Benneditto. É uma intervenção cultural e um manifesto de brasilidade que há 20 anos vem encantando plateias no Brasil e em outros países, como Hungria, França e no Senegal. No repertório, pontos e rezas ligados às religiões de matrizes africanas mesclados a clássicos da MPB, de autores como Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jorge Ben, em que entidades símbolos da nossa fé são louvados e evocados, com arranjos modernos, em roupagem eletrônica. Tudo isso apresentado de forma inovadora e criativa, com produção arrojada, ganhando de vez as pistas do mundo.

Amigo e parceiro de Rita dos tempos que moravam em São Luís, no Maranhão, Fernando Mendonça e Rita Benneditto se reencontraram no Rio, onde escolheram morar e mantêm, até hoje, uma forte ligação de irmandade artística, presente desde a estreia do show Tecnomacumba, em 2003. Fernando é responsável pela primeira identidade do projeto ao pintar a imagem da Cabocla Jurema, guia mestra do Tecnomacumba.

O processo, intitulado live paiting, consiste na criação das obras ao vivo no palco, simultaneamente às apresentações da cantora. A ideia partiu de Rita que percebeu a importância de registrar imagens dos deuses e deusas da mitologia africana, presentes no repertório do show, sendo pintados enquanto entoava seu cântico sagrado a eles. “O transe que acontece durante o show é muito forte e pulsa nos corações de todos presentes, e o fato de ter um artista plástico, uma cantora e a plateia, condensando toda essa energia em canto, cores e telas, cria uma atmosfera divina que envolve a todos e, que hoje pode ser contemplada permanentemente nessa exposição”, destaca Rita.

O projeto é uma realização da Elza Ribeiro Produções e conta com patrocínio do Governo Federal, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, através do Pró-Carioca – Programa de Fomento à Cultura Carioca e da Lei Paulo Gustavo.

Mais informações:

http://www.ritabenneditto.com.br

http://youtube.com/ritabenneditto

https://www.instagram.com/ritabenneditto

SERVIÇO

  • Exposição Canto, Cores e Telas – Tecnomacumba de Rita Benneditto pelo traço de Fernando Mendonça
  • Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira – MUHCAB
  • Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa, Tel.: (21) 2233-7754 / 98234-9368
  • Visitação até 28/7 – Terça a domingo, de 10h às 17h/Entrada gratuita/
  • Acessibilidade: Tradução em Libras, Audiodescrição e Legenda

FICHA TÉCNICA

  • Direção Artística: Rita Benneditto e Fernando Mendonça
  • Autor das Obras: Fernando Mendonça
  • Curadoria: Cabelo Cobra Coral
  • Coordenação Geral e Direção de Produção: Elza Ribeiro
  • Produção Executiva: Alessa Fernandes e Júlio Luz
  • Assistência de Produção: Marisa Silva
  • Coordenação Administrativo-Financeira: Leticia Napole e Alessa Fernandes
  • Projeto Expográfico: Emily Pirmez
  • Montagem: Eric Machado
  • Cenografia: Emily Pirmez
  • Molduras: Moldurax
  • Projeto Gráfico: Philippe Leon Anastassakis
  • Fotografia: Karen Eppinghaus
  • Consultoria de Acessibilidade: Vanessa Bruna
  • Recursos de Acessibilidade: Incluir pela Arte
  • Assessoria de Imprensa: Simone Kabarite
  • Gestão de Mídia Social: LB Digital e Conteúdo
  • Tradução para o Inglês: Mariana Pinho

 

Vídeo Entrevista com Rita Benneditto, Fernando Mendonça e Cabelo Cobra Coral

Gravado em 30 de maio de 2024 no Espaço Aberto de Cultura

Direção de Imagem e Edição: Emily Pirmez

Filmagem e Edição de Som: Alex Slama

Trilha Sonora: Rita Benneditto

Acervo de Imagens: Marisa Silva, Fernando Mendonça, Elza Ribeiro e dos fotógrafos Rogério von Krüger e Márcio Vasconcelos

Tradução para o Inglês: Emily Pirmez

Pocket Show Acústico de Lançamento com Rita Benneditto

Direção Musical: Fred Ferreira e Rita Benneditto

Guitarra, Violões e Vocais: Fred Ferreira

Técnico de Som: Pedro Nuccini

Realização: Elza Ribeiro Produções

Apoio: Oi Futuro

Patrocínio: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, através do Pró-Carioca – Programa de Fomento à Cultura Carioca e da Lei Paulo Gustavo; Ministério da Cultura e Governo Federal