Início » Obra “Guardiãs do Arco-Íris” aborda de maneira lúdica a ausência da figura paterna na família

Obra “Guardiãs do Arco-Íris” aborda de maneira lúdica a ausência da figura paterna na família

Autora do livro, Lisete Bertotto, faz o lançamento em Niterói no dia 22 de maio, às 17 horas

por Redação
Guardiãs do Arco-Íris

Toda família tem seus problemas. Isso é fato! No entanto, como abordar este tópico numa obra infantil, onde a linha narrativa dialoga com tal público sobre essa e outras situações delicadas, mas sem perder o teor lúdico? Este é o desafio da escritora gaúcha Lisete Bertotto na obra Guardiãs do Arco-Íris, da Editora Kazuá, que será lançada em um domingo, dia 22 de maio, às 17 horas, no Restaurante Jambeiro, R. Pres. Domiciano, 131 – Ingá, Niterói – RJ.

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Lisete se baseou na peça infantil Mamairia, também de sua autoria, para falar de problemas familiares, causados pela ausência da figura paterna e sua repercussão. O livro conta a presença dos oportunistas, os desejos das crianças e, principalmente, a força da mulher, bem como a forte presença da natureza e dos seres mitológicos.

Lisette Bertotto

Lisette Bertotto

A obra narra a história de Mamaíria, a Guardiã da cor lilás, Arcão, o responsável pela rubra cor. O casal tem uma penca de filhos, Guardiões das outras cores do arco-íris. Os problemas começam a partir de uma visita do Vilão Bofetão. Com isso, muitas coisas ruins começam a acontecer tanto para os planetas como para o universo.

Arcão é o responsável pela cor vermelha, mas some de casa! Mamairia fica sozinha e extremamente preocupada com a visita da Senhora de Todos os Tempos em meio ao sumiço do marido, pois ela juntamente com toda a família são responsáveis pelas apresentações do arco-íris, O que fazer nesse momento de tensão familiar?

O público infantojuvenil vai poder viajar com os personagens, Mamaíria, Arcão e a Senhora de Todos os Tempos, pelo Planisfério Celeste, por planetas e pelo universo, na defesa da diversidade das cores e da vida. Em cada planeta por onde passam existe um saber que os faz refletir; pois mesmo em situações confusas as circunstâncias podem mudar, se transformarem em outras melhores.

O livro foi publicado pela Editora Kazuá e teve como editores: Evandro Rhoden e Lisete Bertotto. A capa e o projeto gráfico são uma concepção de arte coletiva assinada pelos Estúdios Kazuá. Participaram deste projeto de arte: Wilson Carvalho e Evandro Rhoden como diretor de arte que buscou referências no teatro de bonecos e na obra de Tarsila Amaral para compor as imagens. A revisão estética da obra é assinada por Érica Corrêa Soares e a revisão ortográfica por Meleinia Teresinha Rhoden.

Obras para o público infantojuvenil são familiares à escritora. No fim de 2018 Lisete já havia abordado o bullying em “A Ovelhinha Fedorenta”, também publicada pela Editora Kazuá. Além disso, já escreveu várias peças teatrais infantis e adultas. E publicou poesias e contos em várias ontologias. Sendo também parecerista de projetos culturais em vários estados do Brasil.

SERVIÇO

Lançamento do livro “Guardiãs do Arco-Íris”
Data: 22 de maio de 2022
Dia: Domingo
Horário: 17 horas
Local: Restaurante Jambeiro
Endereço: Rua Presidente Domiciano 131, Ingá

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via