Início » Pares Díspares apresenta diálogo entre patrimônios históricos do Rio de Janeiro e de São Paulo

Pares Díspares apresenta diálogo entre patrimônios históricos do Rio de Janeiro e de São Paulo

por Redação
Cristão SP e Cristo RJ

O Serviço Social da Indústria, por intermédio do Centro Cultural Fiesp, traz para São Paulo a exposição Pares Díspares, que reúne 30 fotografias de autoria de Giovanna Nucci. A mostra, que tem curadoria de Enock Sacramento, será aberta ao público no dia 23 de fevereiro, na Av. Paulista 1313, seguindo até o dia 1º de maio.

O projeto Pares Díspares foi classificado em 1ª lugar no Prêmio Funarte Artes Visuais 2020/2021 – O diálogo entre o patrimônio histórico da cidade do Rio de Janeiro e o brasileiro, presente nas artes visuais, na arquitetura e nos espaços urbanos.  Com patrocínio do governo Federal por intermédio da Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo, foi realizada inicialmente de 12 de novembro a 12 de dezembro de 2021 na Galeria Fayga Ostrower, no Complexo Cultural Funarte Brasília, DF.

As fotos são apresentadas em 15 pares, compostos por uma imagem do Rio de Janeiro e outra de São Paulo, propondo um diálogo entre os patrimônios históricos das duas cidades. Num desses pares – Cristão / Cristo – a fotógrafa apresenta detalhes do Monumento às Bandeiras, de São Paulo, com o Cristo Redentor, do Rio de Janeiro. Para o curador, essas imagens remetem à poética da imagem do anjo e da deusa, nas alturas da Coluna da Vitória, em Berlim, no filme Tão longe, tão perto, de Wim Wenders. E conclui: “Tão longe e tão perto. Essa também é a mensagem que as fotografias de Giovanna Nucci nos passam. Rio de Janeiro e São Paulo, tão diferentes, tão iguais, assim como nós. Maçã de outra árvore, mas maçã. Vinho de outra pipa, mas vinho. Outro cantar, mas canto. Diferentes, porém iguais”.

Como recursos de acessibilidade, será incluído nos sites do Centro Cultural Fiesp, da QSP e da Funarte um Mapa 3D (Viewing room) que permitirá, por intermédio de um link, visitar a exposição virtualmente e obter informações sobre cada fotografia exposta mediante clicks em tags. Na galeria, ao lado das fotografias, estas informações estarão impressas em fichas e poderão, mediante leitura de um QR Code por celular, ouvir seu conteúdo na voz do curador. O mesmo recurso foi utilizado na exposição realizada em Brasília. Link: https://my.matterport.com/show/?m=18w6PTkMMCt

A artista

Catarinense, Giovanna Nucci vive e trabalha em São Paulo, desde 1994. É bacharel em fotografia, com atuações nacional e internacional. Tem dois livros publicados: São Paulo cada um conta sua história (2011) e Rio Estado de Esporte (2012). “Com olhar atento de quem procura sempre algo além do convencional, inovou, ao levar para a fotografia artística a influência gráfica, originária de sua paixão pela arquitetura, especialmente pela da Bauhaus”, informa a produção. O trabalho da fotógrafa, em sua maioria paisagístico, prima pela forma e tem foco ora no urbano ora na natureza. O ser humano não tem sido tema escolhido por Giovanna, embora tenha desenvolvido uma série de imagens com corpos femininos.

O curador

Enock Sacramento é membro das associações Paulista, Brasileira e Internacional de críticos de arte. Participou de aproximadamente 180 júris de salões artísticos, foi curador de mais de 200 exposições no Brasil, em outros países da América Latina, nos Estados Unidos e na Europa. Prefaciou cerca de 200 catálogos de exposições. Publicou numerosos artigos na imprensa e 38 livros sobre arte e artistas brasileiros. Devido à sua atuação como crítico e curador de arte recebeu, em 2004 e 2016, o Prêmio Gonzaga Duque, da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA), por trabalhos desenvolvidos em anos anteriores; e, em 2011, o Prêmio Mário de Andrade, por sua trajetória como curador e crítico de arte. É curador da Fundação José e Paulina Nemirovsky, em São Paulo, Capital.

Serviço

Exposição: Pares Díspares
Artista fotógrafa: Giovanna Nucci
Empreendedora: QSP Projetos Culturais Eireli
Curadoria: Enock Sacramento
Coordenação geral: Ely Iutaka
Coordenação de montagem: Hiro Kai
Iluminação: Kristhyan Natal
Local: Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp
Abertura: 22 de fevereiro, terça-feira, às 19h30 horas, para convidados.
VisitaçãoDe 23 de fevereiro a 1º de maio – De quarta a sexta, das 10h às 20h – Sábado e domingo, das 11h às 20h – Horários de visitação sujeitos a alteração
Reserva gratuita de ingressos em www.sesisp.org.br/eventos

Entrada Gratuita
Classificação indicativa: Livre

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Não estou interessado em compartilhar. Clique aqui para voltar para o conteúdo!
This window will automatically close in 10 seconds
Share via