Enéas Valle apresenta individual com obras inéditas em Copacabana

Há dez anos sem expor no Rio, artista reúne trajetória na Real Galeria de Arte Contemporânea

Data:

Depois de uma década sem expor no Rio de Janeiro, cidade onde vive, o artista Enéas Valle apresenta a individual A Curva e a Cor, de 6 de junho a 29 de agosto, na Real Galeria de Arte Contemporânea, em Copacabana. Para a mostra, que tem curadoria de Ivair Reinaldim, professor do programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFRJ, foram selecionados cerca de 20 trabalhos, quase todos inéditos, que traçam um breve panorama da trajetória do artista.

As obras, em grandes e pequenos formatos, são todas pinturas em tinta acrílica sobre tela ou papelão produzidas desde a década de 1990. “Todos os trabalhos estão relacionados, os novos e os mais antigos. Mostro a relação do espaço como vivemos hoje, das pessoas com o planeta, com o ambiente globalizado em que estamos inseridos”, explica Enéas Valle.

Dono de uma linguagem própria e pinturas de colorido único caracterizadas pela combinação de cores vivas e neutras, Enéas é um dos representantes da Geração 80, movimento que completa 40 anos em 2024. Doutor em Matemática, atribui à ciência exata a forma como se expressa na arte, utilizando o 4D, ou quarta dimensão. “Trabalho sempre com essa noção de espaço e tempo, dou ênfase às curvas, diferente da pintura tradicional em 3D”.

“Vemos na exposição as diferentes faces de um profuso mundo onírico criado pelo artista, no qual prevalece a figura humana como sujeito que imagina aquilo que tem diante de si. São personas que se colocam ora em grupo, ora em dupla, muitas vezes sozinhas diante desse espaço-tempo da pintura. São figuras que excedem seus limites, expandem-se e se projetam para além de si”, resume o curador Ivair Reinaldim.

O artista – Pintor, desenhista, escultor, teórico, Enéas Valle nasceu em Manaus, em 1951, e vive no Rio de Janeiro. Formado na Staedel Kunsthoschule de Frankfurt, Alemanha (1978-1980). Doutor em Comunicação e Cultura. Professor titular da Escola de Belas Artes da UFRJ.

Sua obra, desde 1980, está registrada no catálogo Tempo-Cor, organizado por Fernando Cocchiarale, e no livro Hiperespaço Curvista, organizado por Marcus de Lontra Costa.

O curador – Ivair Reinaldim é docente do Departamento de História e Teoria da Arte da Escola de Belas Artes e do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutor em Artes Visuais pelo PPGAV-UFRJ, com tese sobre a crítica de arte na década de 1980. Líder do Grupo de Pesquisa Lab | HABA – Laboratório de Historiografia da Arte no Brasil e Américas, membro do Comitê Brasileiro de História da Arte (CBHA) e da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA).

Serviço:

A Curva e a Cor – Enéas Valle

Abertura: 6 de junho, às 18h.

Visitação: 07 de junho a 29 de agosto – de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h. Os horários também podem ser agendados pelo telefone (21) 2546-6565.

Local: Real Galeria de Arte Contemporânea – Av. Princesa Isabel, 500 – Copacabana -Dentro do Real Residence Hotel.

Entrada gratuita

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

Por dentro da paisagem

    O Instituto Cervantes de São Paulo inaugura na quinta-feira,...

Exposição “TransforMAR” destaca recuperação ambiental na Baía de Guanabara e chega ao São Gonçalo Shopping

A exposição TransforMAR, um desdobramento do Projeto Águas da...

Painel de conversas e performances artísticas encerram exposição “Vasos Condutores do Tempo”

Neste sábado, dia 15, às 12h, a exposição recebe...
Compartilhe
Send this to a friend