Mercadão de Coqueiros abre espaço para artesãos da região continental de Florianópolis

Feira de produtos são realizadas na alameda do empreendimento inaugurado em novembro de 2023

Valorizar a arte, tradição e cultura é um dos pilares do Mercadão de Coqueiros, que completa oito meses em julho. Para isso, além de proporcionar um espaço de gastronomia, compras, lazer e serviços, o empreendimento busca valorizar os trabalhos de artesãos da região continental de Florianópolis.

“Desde que abrimos a unidade tínhamos em mente promover feiras de produtos artesanais e neste primeiro momento estamos priorizando por profissionais que moram no nosso bairro e região. Futuramente, a ideia é ampliar o mix de opções”, destaca Dyanine Weiss Besen, responsável pelo Mercadão.

A artesã Magda Castro, de 62 anos, é uma das participantes dos encontros. Natural de Lages, e moradora há 20 anos do bairro de Coqueiros, Magda trabalha com crochê em fio de malha. A artesão, que é cadastrada na Prefeitura Municipal de Florianópolis e no Portal do Artesanato Brasileiro, conta que trabalha com a técnica desde 2020.

“Uso a malha residual da indústria têxtil e transformo fios que virariam lixo, em peças de decoração e acessórios, de qualidade, sustentáveis e versáteis”, destaca.

Entre os produtos confeccionados manualmente com a técnica do crochê moderno, estão peças como cachepôs, bolsas, colares, acessórios, porta kindle, porta vinho, entre outras opções. Grande parte da produção da TraMar é feita por Magda, e a filha Hanna de Castro Serratine, também ajuda na confecção e no transporte dos produtos nos dias de feira.

Magda destaca que o Mercadão de Coqueiros veio para agregar muito ao bairro. Segundo ela, o local é um espaço para compras de produtos essenciais do dia a dia e ao mesmo tempo um lugar de convivência.

“Sou verdadeiramente grata pelo espaço como moradora do bairro e cliente do estabelecimento e como artesã. E essa decisão do Mercadão em valorizar o artesanato local contribui muito para a valorização da arte e da cultura local”, completa a artesã.

Calendário de julho

Durante o mês estão programadas a apresentação de produtos nos dias 7, 13, 14, 21, 27 e 28 de julho. Os visitantes do Mercadão vão poder conferir de perto os produtos apresentados por artesãos do bairro. O horário será das 8h às 20h, aos sábados e das 8h às 14h, aos domingos. A entrada é gratuita.

O Mercadão de Coqueiros, que tem uma unidade do Direto do Campo e mais de 20 operações, fica na Av. Engenheiro Max de Souza, 843, bem ao lado do Parque de Coqueiros.