Projeto ‘Livros na Praça’ aumenta a frota de ônibus-bibliotecas

Livros nas praças

O projeto “Livros nas praças”, que, há 12 anos, roda por cidades de todo o país, aumentou a frota e vai circular com mais um ônibus-biblioteca de maio a julho, por várias localidades do Rio de Janeiro e da Baixada Fluminense. A biblioteca sobre rodas é agora multimarcas, com patrocínio máster das Americanas, além dos outros patrocinadores: Estácio / Instituto YDUQS e Bemisa. A largada para essa nova fase do projeto será dada na próxima segunda-feira, dia 13, no Largo do Estácio, onde o ônibus ficará das 10h às 16h, para emprestar gratuitamente livros para os moradores do entorno. E ainda vai ter apresentação do espetáculo musical “Cantigas para todo dia”, da Cia Artística Sol Sem Dó, protagonizado por Jessé Cabral, que contará causos engraçados, mesclando relatos pessoais e cultura popular. Com muita brincadeira e música, será um show leve e divertido para todas as idades a partir das 10h.

A biblioteca sobre rodas tem um acervo de dois mil títulos, para crianças, jovens e adultos, inclusive em braile. O leitor pode pegar emprestado até dois livros sem pagar nada. Basta apresentar um documento de identidade e um comprovante de residência para cadastro. A devolução deverá ser feita quando a biblioteca-móvel voltar ao Estácio, o que ocorrerá nos dias 27 de maio, 10 e 24 de junho, e 8 de julho.

Idealizado e dirigido por Cristina Figueiredo, o projeto “Livros nas praças” é uma iniciativa promovida pela empresa carioca Korporativa Marketing Cultural, Social e Ambiental. Levar livros para crianças e adultos que têm pouco acesso à literatura é gratificante para Cristina. “A recompensa é poder contribuir para a formação de novos leitores, poder proporcionar a essas pessoas um momento de encantamento – e até de salvação em casos de pessoas depressivas – por meio da literatura”, empolga-se a diretora do projeto, que guarda, com carinho, cenas lindas que ela viu nesses quase 12 anos de ônibus biblioteca. “Ano passado, por exemplo, recebemos dois meninos que estavam vendendo bala no Parque Madureira. Quando viram o ônibus-biblioteca perguntaram se podiam entrar para ver os livros. Eles passaram toda a tarde lendo com os monitores literários e, ao irem embora, agradeceram e disseram que o ônibus-biblioteca foi o único lugar em que eles chegaram e que as pessoas não os olharam com medo de serem assaltadas. Isso foi muito emocionante”, recorda Cristina.

Localidades que vão receber ônibus-biblioteca

  • Estácio – Largo do Estácio

13/5, 27/5, 10/6, 24/6, 8/7

  • Caju GEO – Escola Municipal Felix Mieli Venerando

14/5, 28/5, 11/6, 25/6, 9/7

  • Leme Pr. Almirante Júlio de Noronha

15/5, 29/5, 12/6, 26/6, 10/7

  • Duque de Caxias – Praça do Pacificador

16/5, 30/5, 13/6, 27/6, 11/7

  • Pavuna – Arena Jovelina Pérola Negra

17/5, 31/5, 14/6, 28/6, 12/7

  • Cidade de Deus – Praça Daniel

20/5, 3/6, 17/6, 1/7

  • Vargem Pequena – E. M. Ítalo Zappa

21/5, 4/6, 18/6, 2/7

  • Vila Isabel – V.O. Arthur da Távola

22/5, 5/6, 19/6, 3/7

  • Madureira – Parque de Madureira

23/5, 6/6, 20/6, 4/7

  • Mesquita – Pr. da Telemar

24/5, 7/6, 21/6, 5/7

 

Horário de funcionamento

A itinerância literária da biblioteca sobre rodas funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, atendendo uma comunidade por dia.

Acessibilidade

O ônibus-biblioteca possui uma porta com acessibilidade para cadeirantes, assim como uma cadeira de transbordo para idosos e pessoas com deficiência (PcD).

Seu acervo tem cerca de dois mil livros, incluindo 50 livros em braille para crianças, 60 livros com fonte ampliada, além de 20 audiobooks.

Os locais escolhidos para receber o ônibus-biblioteca são de fácil acesso. E os monitores literários são preparados para atender pessoas com deficiências motoras, visuais e auditivas.

Projeto “Livros nas praças”

O ônibus-biblioteca Livros nas Praças foi inaugurado em novembro de 2012. Agora em 2024, será seu 12º ano de atividade. Eles funcionam como um espaço de leitura, oferecendo empréstimos de livros e realizando ações de incentivo à leitura e atividades culturais diversas, como leitura dramatizada, teatro literário e contação de histórias.

O projeto atende também instituições de ensino (escolas, creches, cursos), ONGs e associações de moradores.

Direcionado a diversos públicos, o projeto contribui para a formação de leitores e multiplicadores em diversos níveis, além de conscientizar as pessoas sobre a importância dos livros e da leitura e estimular o senso crítico.

Desde o início do projeto, os dois ônibus-bibliotecas que atuam no Estado do Rio de Janeiro, cobrindo as principais comunidades da cidade com suas visitas literárias, já receberam cerca de 400 mil visitantes-leitores.

Só nas edições de 2019 e 2021 da Bienal Internacional do Livro do Rio, o ônibus-biblioteca recebeu mais de 93 mil visitantes-leitores.

O projeto também viaja pelo Brasil. Até hoje, foram visitados 17 estados, 86 localidades beneficiadas e 538.255 visitantes-leitores atendidos. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui