Início » “Reconto – Cada qual no seu recanto” traz maratona gratuita de contos no Rio de Janeiro

“Reconto – Cada qual no seu recanto” traz maratona gratuita de contos no Rio de Janeiro

Projeto percorre os bairros da Tijuca e Copacabana, além dos municípios de Barra Mansa e São João de Meriti

por Rafael Gomes

Sim, eles vivem do conto. São atores, escritores, músicos, educadores que fazem das histórias profissão. Se aglomeram em teatros, escolas, hospitais e bibliotecas, levando imaginação, divertimento, cultura popular e incentivo à leitura para quem queira ouvi-los em todos os espaços possíveis. Com temas que envolvem humor, medo, folclore e mitos, o projeto terá quatro minimaratonas gratuitas de contos, com duas horas de duração cada. A primeira apresentação será no Teatro Sesc Barra Mansa, no dia 30 de abril, às 11h. Em seguida, o Reconto ocupa os teatros Sesc em Copacabana, no dia 25 de maio, na Tijuca, no dia 11 de junho, e em São João de Meriti, no dia 23 de julho. Entre os artistas contadores de histórias convidados estão o Grupo Cantos do Rio, Bárbara Catarina, Silvia Castro, Lucia Morais, Tâmara Bezerra, Roberto de Freitas, Augusto Pessôa e Luciano Pontes, além da participação do músico Tibor Fittel.

As novas apresentações do projeto Reconto – cada qual no seu recanto integram o Edital de Cultura Sesc RJ Pulsar 2021/2022 que selecionou propostas artísticas para serem incluídas em parte da programação da instituição no ano de 2022. A iniciativa se destina a fomentar e apoiar a produção artística e cultural, em suas diversas manifestações, comprometendo-se com o estímulo aos processos artísticos em desenvolvimento, com a formação de público e com a inclusão social. “Para este edital, criamos um formato diferente. Teremos um evento híbrido, com parte dos artistas participando pela internet e os demais presencialmente. O público estará presente na atividade possibilitando o contato direto com os artistas, mas também conhecendo os de terras distantes”, conta José Mauro Brant, idealizador do evento.

O projeto “Reconto – Cada qual no seu recanto” foi criado durante o período mais difícil da pandemia que paralisou o setor cultural. Os contadores de histórias buscaram se reinventar e encontraram na internet o seu refúgio. Em formato 100% online e ao vivo, o projeto já contou com participação de artistas de todos os cantos do Brasil e do mundo, como diz o título, “cada qual no seu recanto”, mostrando a diversidade de linguagens narrativas e seus diferentes sotaques, estimulando no público o desejo de ler os textos contados.

A idealização e direção artística são de José Mauro Brant, premiado ator, autor teatral, com quase 30 anos dedicados ao ofício de narrar histórias, e divide a curadoria com Benita Prieto, experiente contadora de histórias e produtora de eventos na área da leitura e literatura, que hoje tem seu recanto em Alhandra – PT.  “O grande desafio é mostrar ao público que os eventos presenciais ganharam uma nova dimensão com a pandemia, que é a possibilidade de interação permitida pela internet e que antes estava restrita às vídeo conferências. A arte de narrar agora tem como aliada o mundo virtual. E podemos fazer ações inovadoras”, afirma a produtora.

Programação Gratuita:

Barra Mansa | Teatro Sesc | 30 de abril | 11h

  • Apresentadores: José Mauro Brant (presencial) e Benita Prieto (no telão de Portugal).
  • Tema: Humor.
  • Artistas: Cantos do Rio – Jujuba e Ana Nogueira (presencial), Bárbara Catarina (no telão diretamente do Rio Grande do Sul).
  • Endereço: Av. Tenente José Eduardo, 560 – Ano Bom, Barra Mansa
  • Telefone: (24) 3324-2630

Copacabana | Teatro Sesc – Mezanino | 25 de maio | 18h

  • Apresentadores: José Mauro Brant (presencial) e Benita Prieto (no telão de Portugal).
  • Tema: Medo.
  • Artistas: Silvia Castro (presencial) e Roberto de Freitas (no telão diretamente de Minas Gerais).
  • Participação: músico Tibor Fittel.
  • Endereço: R. Domingos Ferreira, 160 – Copacabana, Rio de Janeiro
  • Telefone: (21) 2548-1088

Tijuca | Teatro Sesc 1 | 11 de junho | 15h

  • Apresentadores: José Mauro Brant (presencial) e Benita Prieto (no telão de Portugal).
  • Tema: Folclore.
  • Artistas: Augusto Pessôa (presencial) e Luciano Pontes (no telão diretamente de Pernambuco)
  • Participação: músico Tibor Fittel.
  • Endereço: R. Barão de Mesquita, 539 – Andaraí, Rio de Janeiro
  • Telefone: (21) 3238-2164

São João de Meriti | Teatro Sesc | 23 de julho | 16h

  • Apresentadores: José Mauro Brant (presencial) e Benita Prieto (no telão de Portugal).
  • Tema: Mitos
  • Artistas: Lucia Morais (presencial) e Tâmara Bezerra (no telão diretamente do Ceará).
  • Participação: músico Tibor Fittel.
  • Endereço: Av. Automóvel Clube, 66 – Centro, São João de Meriti
  • Telefone: (21) 4020-2101

Sobre os artistas:

CANTOS DO RIO – Rio de Janeiro – RJ

A Companhia Cantos do Rio é formado pelos artistas Jujuba e Ana Nogueira. Está em atividade há mais de 20 anos e tem como princípio fazer arte com responsabilidade social, realizando projetos que possam elevar a cultura de uma forma abrangente e conscientizando sobre temas fundamentais da nossa sociedade.

Ana Nogueira – Rio de Janeiro – RJ

Produtora, atriz, musicista, contadora de história, arte educadora, radialista e produtora cultural. É compositora, com dois CDs gravados para o público infantil. Realiza oficinas literárias e atua em projetos socioculturais. Pesquisadora do folclore, arte e cultura popular.

Jujuba – Rio de Janeiro – RJ

Produtor, ator, músico, palhaço, apresentador de programa radiofônico infantil, arte educador, contador de histórias, roteirista, escritor de textos teatrais e livros infantis, compositor, arranjador, com cinco CDs lançados para público infantil. É pesquisador do folclore, arte e cultura popular.

Bárbara Catarina – Porto Alegre – RS

Atriz e contadora de histórias. Formada pelo grupo Escola Face Carreto de Poa. Integra a equipe de contadores de histórias da Feira do Livro de Porto Alegre há mais de 20 anos, atuando, nos últimos seis anos, como coordenadora do espaço infantil. Atua como contadora de histórias e realiza atividades em escolas e feiras municipais no RS e em SP.

Tibor Fittel – Rio de Janeiro – RJ

Pianista, acordeonista, compositor e arranjador. Tocou com artistas como Elba Ramalho, Carlos Lyra, Leny Andrade, Robertinho de Recife, Rildo Hora, Fagner, Martnalia, Zelia Duncan, Claudette Soares, entre outros. Assina trilha de espetáculos de teatro e circo, trabalhou como pianista e acordeonista em musicais, participou de gravações de trilhas para novelas e minisséries da Globo. Integra o Duo Querubim, voz e acordeon, com Camila Marliere.

Silvia Castro – Rio de Janeiro – RJ

Atriz, contadora de histórias, educadora. Desenvolve atividades diversas nas áreas da leitura e produção de textos há mais de vinte anos. Ganhou menção honrosa na Câmara dos Deputados do RJ e representou o Brasil em Cuba, México e Colômbia, narrando contos. Publicou seu primeiro livro: HISTÓRIAS DE HARMATÃ, pela Editora Kimera. É integrante do grupo MAMI – movimento artístico de música para a infância RJ.

Roberto de Freitas – Belo Horizonte – MG

É um dos mais destacados contadores de história do Brasil, pelo seu trabalho de pesquisa de contos e cantigas da tradição oral. Há 20 anos, vem desenvolvendo este trabalho, através de pesquisas realizadas – desde o Vale do Jequitinhonha até às margens do Rio Negro no Amazonas. Apresenta-se em teatros, bibliotecas, bares, escolas, praças e empresas. Seu trabalho é marcado pelo ineditismo e pelo carisma com que relaciona com a sua plateia, pelo humor e musicalidade, elementos que contribuem para dar a qualidade à sua performance.

Augusto Pessôa – Rio de Janeiro – RJ

Contador de Histórias, ator, cenógrafo, figurinista, arte Educador, dramaturgo, roteirista e

escritor. Participou de mais de cinquenta espetáculos teatrais e mais de trinta espetáculos encenados. Tem vários livros publicados entre ficção e publicações acadêmicas. Ministra Oficinas e Cursos de Formação de Leitores e Contadores de Histórias desde 1993. É pesquisador do grupo de estudos GELIJ da Cátedra UNESCO de leitura (PUC Rio) desde 2014. Foi coordenador artístico do Programa Educativo do Centro Cultural do Banco do Brasil Rio de Janeiro (2013 a 2017). Foi jurado no prêmio Selo Cátedra 10 da Cátedra UNESCO de leitura (PUC Rio).

Luciano Pontes – Recife – PE

É escritor, ator, cenógrafo, palhaço e narrador de histórias. Integrou o elenco de atores-manipuladores do mamulengo Só-Riso, uma das principais companhias de teatro de bonecos do Brasil. Ganhou os prêmios: APACEPE de melhor cenário de dança, com Oratórium (2002), e de melhor espetáculo e dramaturgia por “As Travessuras de Mané Gostoso”. Publicou diversos livros, entre eles: “Ouvindo conchas do mar”; “Uma história sem pé nem cabeça” e “O carrossel do tempo”. Pesquisa a oralidade e as linguagens teatrais com a “Cia Meias Palavras”. Desenvolve espetáculos e sessões de narrações autorais. Realiza o projeto “Histórias de Porta em Porta”.

Lucia Morais – Rio de Janeiro – RJ

Professora, arte educadora, contadora de história, atriz, promotora de Leitura e ativista de bibliotecas comunitárias. Faz apresentações de Mediação de Leitura e Contação de Histórias em escolas, creches, bibliotecas e eventos como: FLIST, FLIP, maratona cultural cidade do RJ e Campanha Paixão de Ler. Coordenou e realizou ações de enraizamento e fortalecimento comunitário em comunidades. Idealizadora dos projetos “O livro bate à sua porta” e “Leitura na Feira Gestora”. Atriz do espetáculo Arandu Lendas Amazônicas, em cartaz nos Centros Culturais Banco do Brasil do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e Brasília. Como escritora, tem seus textos publicados em coletâneas, com sua obra intitulada PIRACEMA DE VERSOS – Mulheres que nadam com os peixes.

Tâmara Bezerra – Fortaleza – CE

Educadora, artista, mãe, contadora, escutadora e inventora de histórias. Há mais de 25 anos dedica-se à narração oral de histórias, traçando sua trajetória e repertório sob forte influência da poética do sertão brasileiro. Professora do ensino superior, também atua como consultora educacional, formadora de educadores e de narradores orais. É membro do grupo de estudos, pesquisas e partilhas com narrativas: Costureiras de Histórias e da Rede de Contadores de Histórias do Ceará, no Brasil; e associada da Ações & Conexões Associação Cultural, em Portugal. Entre suas obras publicadas estão títulos de literatura para crianças e jovens, além de textos teóricos sobre narração oral de histórias e mediação de leitura literária.

José Mauro Brant – Rio de Janeiro – RJ

Ator, cantor, autor e diretor de teatral com mais de 80 espetáculos no currículo, José Mauro Brant se define com uma só expressão: “Sou um contador de histórias”. Atua no teatro profissional desde 1988. Já publicou quatro livros e diversos artigos em livros de referência.  Integrou programas como o PRO-LER (Biblioteca Nacional), Acelera Brasil (Fundação Ayrton Senna), Leia Brasil (Petrobrás); e participou de eventos por todo o país e em países como Espanha, EUA, Portugal, Colômbia e Cabo Verde. Seu primeiro livro pela editora Rocco foi duas vezes selecionado pelo PNBE e distribuído para escolas públicas de todo o país. Hoje, concilia seus espetáculos de narração com a criação e direção de espetáculos musicais. Em 2018, “Makuru um Musical de Ninar”, também lançado em CD em todas as plataformas digitais, ganhou 15 prêmios e 30 indicações nas principais premiações do teatro carioca, incluindo melhor texto e melhor espetáculo infantojuvenil.

Benita Prieto – Alhandra – PT

Curadora, consultora, produtora e mediadora de projetos de leitura, escritora e contadora de histórias do Grupo Morandubetá. Criou o Simpósio Internacional de Contadores de Histórias do Rio de Janeiro. Desde 2012, pesquisa e ministra cursos sobre promoção de leitura e Literatura Digital. É coordenadora da Red Internacional de Cuentacuentos e integra a Ações & Conexões Associação Cultural de Portugal. Atualmente, reside em Portugal, onde tem participado em ações de promoção de leitura e narração de histórias no Caminhos de Leitura, Palavras Andarilhas, Folio, Rio de Contos, Rede de Bibliotecas Escolares e diversos eventos e espaços culturais. Possui 28 anos de narração oral, atuando em 22 estados do Brasil e mais de 10 países.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via