Início » Festa do Cinema começa hoje no Rio

Festa do Cinema começa hoje no Rio

Maior Festival da América Latina apresenta, durante 10 dias, o melhor do cinema nacional e internacional, com mais de 200 filmes e várias homenagens

por Redação
Festival do Rio

Os apaixonados pela sétima arte estão em festa. Começa hoje, dia 6/10, com ampla programação o Festival do Rio, que se estende até o dia 16 de outubro. Para a grande estreia, um dos pontos altos desta edição, a volta do Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro que exibe hoje às 20h, com toda pompa “Império da Luz”, novo filme do “oscarizado” Sam Mendes. O festival tem uma ampla programação que reúne mais de 200 títulos de filmes – entre internacionais e nacionais; curtas e longas -, além cine concertos e debates, espalhados por cinemas no centro da cidade, na zona sul e Niterói. Este ano volta o Cinema na Praia, com exibição de filmes com censura livre e entrada franca, para toda família. Entre os filmes está “2 filhos de Francisco”, do diretor Breno Silveira, que faleceu este ano e será homenageado.

Na seleção, filmes nacionais e internacionais, clássicos, sessões para toda a família, terror, músicas e homenagens, os aclamados pela crítica, estrangeiros exibidos nos principais festivais do mundo, além dos concorrentes ao Troféu Redentor – que este ano também conta com novas categorias -, da Première Brasil, Midnight Movies e Prêmio Félix. Entre um filme e outro, no RioMarket, profissionais do audiovisual vão falar sobre as novas tendências do mercado.

A turma que aprecia um filme de terror também tem presença certa no Festival do Rio, que preparou uma seleção que mescla clássicos com filmes super aguardados: Piggy (Piggy), de Carlota Pereda; O Menu (The Menu) de Mark Mylod com Ralph Fiennes; Halloween Ends (Halloween Ends), de David Gordon Green; Oldboy (Oldboy), de Park Chan-Wook; Grito de Horror (The Howling), de Joe Dante.

E os clássicos também não foram esquecidos e vai ter “E.T, o extraterrestre” com cópia remasterizada, “Priscila, a rainha do deserto” e “Oldboy”, para ver na tela grande. Sem falar nos clássicos nacionais, como “O pagador de promessas” e “Assalto ao trem pagador”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via