Chef Victoria Teles vai participar do programa Top Chef Brasil, na Record

A carioca Victoria Teles, de 27 anos, Chef executiva do hotel Vila d’este, em Búzios, vai participar da quarta temporada do Top Chef Brasil, programa de competição gastronômica que estreia dia 26 de julho na Record. A Chef, formada em Gastronomia e com 10 anos de profissão, já estagiou  e trabalhou em restaurantes no Rio e em São Paulo e em restaurantes internacionais em Nova York, nos EUA, e em Montreal, no Canadá.

“Passei por restaurantes como o do Palácio Tangará, assinado pelo Jean-Georges, e por outros 3 restaurantes dele em NY também. Fiz também um estágio no Park, em Montreal. Tive outras experiências no Brasil, como por exemplo no Evvai e na hotelaria. Atualmente sou Chef Executiva na Vila d’este, em Búzios”, explica Victoria.

Em Búzios, a Chef é responsável pelo A&B do hotel, que envolve o café da manhã,  o restaurante (Altto) e room service, trabalhando junto às equipes de cozinha, salão e bar. É responsável pela elaboração e implementação de menu, fichas técnicas, conceito, gestão da equipe, custos, busca de novos ingredientes e fornecedores, entre outras coisas.

“Tenho uma rotina muito corrida. Várias vezes estou trabalhando da hora do almoço até a hora da cozinha fechar. Eu sou muito “mão na massa”, e gosto de estar envolvida em muitos processos que acontecem, principalmente dentro da cozinha. E quando não estou lá, gosto muito de buscar ideias e referências para o meu trabalho também”, diz a Chef.

Sobre a participação no programa Top Chef Brasil, a expectativa da Chef Victoria é poder mostrar o seu trabalho, cozinhar bastante, se desenvolver bem nas provas, superar os desafios que aparecerem, ter muitos aprendizados, fazer novos amigos de profissão e estar junto com chefs tão renomados como os jurados.

“Aparecer na TV para tantas pessoas, é uma experiência nova para mim, e eu espero que o público goste e se identifique comigo e com a minha história”, diz Victoria.

Seu atual desafio e meta é estar em constante evolução para entregar uma comida que a represente, fazendo com que o seu trabalho seja mais conhecido e aprovado por quem prova os seus pratos. Victoria gosta de colocar as suas emoções na comida, fazendo com que as pessoas tenham experiências afetivas com ela.

Segundo Victoria, sua cozinha é feita com muito afeto e cuidado, e representa quem ela é. A chef gosta muito de bases de pratos clássicos, com alguns toques de criatividade. “Para mim, a comida deve ser quase como um abraço, e ao mesmo tempo surpreender. Meu estilo de cozinha se encaixa mais no mediterrâneo, com muitos frutos do mar e frescor. Embora eu ame fazer um pouco de tudo”, define.

Victoria gosta de estar em constante evolução, em vários aspectos de sua vida. Como chef, é muito focada em resultados e qualidade, exigente, parceira do time, compreensiva e está sempre procurando aprender mais em tudo. Busca liderar a sua equipe da forma que gosta de ser liderada, sem nenhum tipo de assédio, falta de respeito ou exageros.

“A vida de Chef pra mim é uma vida de muitas renúncias e dedicação, porém muito amor e parceria também. Ficamos muitas horas por dia em um ambiente de muita pressão, trabalhando com pessoas que acreditam em nós, para pessoas que querem todos os dias ser surpreendidas à mesa. Tudo precisa estar girando em sincronia, e nós chefs somos os responsáveis por coordenar isso”, finaliza Victoria.