Deixa Clarear, musical sobre Clara Nunes, no Teatro Rival Refit

Abril é o mês que marca os 40 anos da música brasileira sem a saudosa Clara Nunes. Para celebrar, relembrar e acabar com a saudade das músicas dessa artista multitalentosa, o Teatro Rival Refit apresentará no dia 06 de abril, quinta, às 19h30, o espetáculo “Deixa Clarear – 40 anos sem Clara Nunes”, protagonizado pela atriz Clara Santhana.

Sucesso de público com mais de 500 mil espectadores em seus dez anos de existência, o repertório do espetáculo “Deixa Clarear” resgata clássicos de grandes compositores imortalizados na voz de Clara Nunes, como “O canto das três raças” (Paulo Cesar Pinheiro/ Mauro Duarte), “Na linha do mar” (Paulinho da Viola), “Morena de Angola” (Chico Buarque), “Um ser de luz” (João Nogueira/Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte) e “O mar serenou” (Candeia).

Com texto de Márcia Zanelatto e direção de Isaac Bernat, o musical protagonizado pela atriz Clara Santhana, também leva ao palco um quarteto de violões, cavaquinho, percussão, flauta e sax.

Sob a direção musical de Alfredo Del Penho, o espetáculo mistura música e poesia na construção de um olhar sobre a inesquecível cantora e sua carreira, buscando incentivar a juventude a valorizar a música brasileira e suas raízes genuínas.

Vale a pena viver e reviver a música de Clara Nunes, uma das maiores cantoras e intérpretes da MPB de todos os tempos.

Apaixonada pela Escola de Samba, Portela – que comemora 100 anos em 2023, Clara Nunes foi considerada a nona maior voz da música popular brasileira, pela Revista Rolling Stone Brasil, em lista elaborada no ano de 2012. Ela é a quarta mulher da lista, ficando atrás somente de Elis Regina (2º lugar), Maria Bethânia (5º lugar) e Gal Costa (7º lugar).

Clara também era compositora e uma grande pesquisadora de ritmos nativos e da cultura afro-brasileira, não limitando-se apenas à música, mas aos costumes, tradições, credos, vestimentas e danças.

Em tempos em que a mulher atual busca cada vez mais posicionamento no mercado, Clara Nunes teve feitos grandiosos nos anos 1970. Foi a primeira mulher brasileira a vender mais de 100 mil discos, marca antes somente atingida por homens, quebrando um tabu da época. O recorde aconteceu com o álbum Alvorecer (1974) alavancado pela música “Conto de Areia” (Romildo Bastos e Toninho Nascimento). A marca “comum” era vender 100 mil cópias, Claro Nunes vendeu mais de 300 mil.

Sempre à frente do seu tempo, Clara Nunes levantou debates sobre o preconceito étnico-racial e a intolerância religiosa. Todas as suas obras traziam temas afro-brasileiros, desempenhando importante papel na popularização e desmistificação das religiões de matrizes africanas.

Em 1975, Clara Nunes lançou o disco de maior sucesso de sua carreira, Claridade, que traz a canção icônica em sua voz, O Mar Serenou (Candeia), Juízo Final (Nelson Cavaquinho e Élcio Soares) e A Deusa dos Orixás (Romildo Bastos e Toninho Nascimento). Nos anos seguintes, vieram sucessos consecutivos, como Canto das Três Raças (Paulo César Pinheiro e Mauro Duarte), Feira de Mangaio (Sivuca e Glória Gadelha) e Morena de Angola (Chico Buarque).

A cantora morreu de choque anafilático, seguido de parada cardíaca, aos 40 anos de idade após uma cirurgia de varizes, quando apresentou reação alérgica.

Ao todo, durante sua carreira, vendeu 4.440 milhões de discos. A discografia de Clara Nunes consiste em 16 álbuns de estúdio, 92 compactos simples e uma coletânea.

Os ingressos para o show  “Deixa Clarear – 40 anos sem Clara Nunes” já estão à venda pelo site da Sympla em https://bileto.sympla.com.br/event/80635/d/182353 , com valor entre R$ 50 e R$ 100

OUÇA CLARA NUNES

Clara Nunes – O Mar Serenou

SERVIÇO

Deixa Clarear – Musical sobre Clara Nunes

  • Data: 06.04.2023 – Quinta
  • Horário: 19h30 (Abertura da casa às 18h30)
  • Local: Teatro Rival Refit
  • Endereço: Rua Álvaro Alvim , 33 – Subsolo – Cinelândia/Rio de Janeiro (Clique aqui para localizar no mapa)
  • Telefone: (21) 2240-4469

Ingressos

Venda online via Sympla – https://bileto.sympla.com.br/event/80635/d/182353

Bilheteria do Teatro Rival Refit: De quarta-feira a sexta-feira (das 15h às 20h) e sábados (somente em dia de shows – das 16h às 20h30)

Setor A e B

Inteira R$ 100,00

Estudante R$ 50,00

Idoso R$ 50,00

Professor Municipal / Estadual R$ 50,00

Funcionário Refit R$ 50,00

PROMOÇÃO 1kg de alimento não perecível R$ 70,00

Assinante O Globo R$ 50,00

Agente MAM R$ 70,00

Funcionário MAM R$ 70,00

Cartão GIRO METRÔ RIO – 30% R$ 70,00