Terror doméstico, memória e envelhecimento dão o tom do espetáculo Aleito

Aleito
foto: Anne Godoneo

“Aleito” é um monólogo teatral interpretado por Paula Furtado, com dramaturgia de Lane Lopes e dirigido por Helena Panno. Em “Aleito” acompanhamos uma mulher esquecida pelos outros e esquecida de si mesma após décadas de vida dedicadas à família e ao trabalho doméstico. A partir de lembranças fragmentadas, ela vai contando a sua história e, pela primeira vez, tomando as rédeas do seu destino. A peça estará em cartaz de 20 de abril a 7 de maio de 2023, no Centro Cultural São Paulo.

Com grande força e lirismo, Aleito propõe uma reflexão sobre o feminino, memória e envelhecimento. O espetáculo, que já esteve em cartaz no último ano no Rio de Janeiro, chega em São Paulo em 2023 com novidades, como uma exposição que recebe o público nos minutos iniciais da peça. Para chegar à plateia, o público passa por obras suspensas que remetem a temática do espetáculo: a memória e o feminino Cada obra é feita por mulheres que têm como principal ferramenta de trabalho as mãos, e o intuito é homenagear e divulgar o ofício daquelas que vivem de trabalhos manuais, por necessidade ou escolha. 

A diretora Helena Panno explica que Aleito vem para a segunda temporada salientado uma estética freaky, poética, singela e bordada à mão. “Quando penso na história dessa mulher – que simboliza tantas outras – a escolha é de expor o terror doméstico que foi historicamente banalizado.  Aqui o terror não é banal – buscamos provocar, também, no público a sensação de medo e de abandono, a partir de elementos cênicos e de uma linguagem física vertiginosa.”

Para Paula, revisitar a dramaturgia é revisitar um longo processo de pesquisa feito em conjunto, pelo Coletivo Uma Película, nos últimos três anos – “Encontro as mulheres que vieram antes de mim naquelas palavras. Buscamos homenagear as mulheres de outras gerações com nosso trabalho. Reverenciamos o passado e ousamos pensar diferentes futuros para corpos antes marginalizados.”

O espetáculo trabalha no âmbito das narrativas secretas de mulheres que perderam a memória, o sobrenome, a autonomia e a liberdade: mulheres dadas como loucas, matrimônios forçados, agressões acobertadas. “O espetáculo desloca as contradições do âmbito doméstico para o palco e para o espaço público. É uma inspiração para repensarmos os papéis de gênero e as heranças culturais”, explica Lane Lopes.

Mais informações: no instagram @umapelicula 

Chamamento Artistas  – Aleito em Instalação: o ofício da memória

Produção da peça Aleito convoca artistas que queiram participar da instalação ‘o ofício da memória’ que faz parte do espetáculo em cartaz no CCSP, na sala Ademar Guerra,  entre os dias 20/04 a 07/05. Serão selecionadas obras que dialoguem com as temáticas do feminino, da memória e de ofícios manuais: artistas plásticas, colagistas, fotógrafas, bordadeiras, pintoras, costureiras, etc são bem vindas para compor a nossa instalação.

Inscrições em:  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfRToVNW4ajlF9HCxS5g6hrVMNqcHhQNhIdl-IJdvKyyyCg1g/viewform

Ficha Técnica: 

  • DRAMATURGIA – Lane Lopes 
  • DIREÇÃO – Helena Panno 
  • ATUAÇÃO – Paula Furtado 
  • VOZ EM OFF – Dida Camero 
  • DIREÇÃO DE ARTE – Padu Cecconello 
  • TRILHA SONORA ORIGINAL – Caru 
  • ILUMINAÇÃO – Gabriel Prieto 
  • DESIGNER – Brenda Spinosa 
  • FOTOS CARTAZ – Larissa Brujin e Anne Godoneo
  • PRODUÇÃO – Helena Panno, Luciana Duque e Yago Marçall
  • ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO E PRODUÇÃO EXECUTIVA – Yago Marçall 
  • ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO – Lane Lopes
  • ASSISTÊNCIA DE ARTE – Julia Danesi 
  • CARACTERIZAÇÃO – Greta Rincon
  • TÉCNICO DE SOM – Vicente Barroso 
  • TÉCNICO DE LUZ – Guilherme Soares 
  • EQUIPE DE FOTO E FILMAGEM – André Voulgaris Audiovisual
  • FILMAGEM – André Voulgaris e Luisa Nico
  • FOTOS – Anne Godoneo 
  • ASSESSORIA DE IMPRENSA – Gabriela Anastácia (Gamarc Comunicação)
  • IDEALIZAÇÃO – Coletivo Uma Película
  • REALIZAÇÃO –  Coletivo Uma Película e Helena Panno através do ProAc Editais, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.
  • APOIO – Centro Cultural São Paulo, Os Satyros, Cine Satyros Bijou e MIL Vergueiros

SERVIÇO: 

  • Espetáculo de teatro 
  • Título: Aleito
  • Temporada: de 20 de abril a 7 de maio
  • Dias: Quartas a domingos 
  • Horário: Quartas a sábados às 21h, domingos às 20h
  • Sessões extras: Domingos 30 de abril e 07 de maio às 17h
  • Local: Sala Ademar Guerra no Centro Cultural São Paulo
  • Endereço: Rua Vergueiro 1000. Ao lado da estação Vergueiro do metrô. 
  • Ingressos: GRATUITO, disponível online e na bilheteria do teatro. 
  • Link para ingressos online: https://rvsservicosccsp.byinti.com/#/event/aleito  
  • Duração: 60min
  • Classificação etária: 12 anos